Venda de etanol cai quase metade em um ano no MS

Entre janeiro e agosto deste ano, a venda do etanol hidratado nos postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul caiu quase metade em relação ao mesmo período do ano passado, onde 154,140 milhões de litros foram vendidos.

Neste ano, os números caíram para 80 milhões de litros do combustível comercializados no Estado. De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os dados de 2016 quase se igualam aos números do ano de 2013, onde foram consumidos 78,711 milhões de litros nos oito primeiros meses.

Há um ano o preço médio do etanol decaiu em relação ao valor médio da gasolina. O preço do litro do biocombustível deve estar abaixo de 70% do valor do litro do combustível fóssil para então ser vantajoso nos motores flex. Isso se deve a diferença de poder calorífico de ambos.

Nos primeiros nove meses de 2015, o litro do etanol em Mato Grosso do Sul esteve abaixo de 70% do litro da gasolina em valores. Em março deste ano o combustível perdeu competitividade passando para 84,94% do valor médio do “líquido amarelo”.

A baixa vantagem econômica do etanol, resultou em um maior consumo do combustível fóssil, de acordo com os dados da ANP. No período dos oito primeiros meses de 2015, foram gastos mais de 430 milhões de litros. Já de janeiro a agosto deste ano, os números subiram para 478 milhões, um aumento de 11,18%.

 

 

Comentários

comentários