Vasco mira Julio Cesar, Diguinho e Carlos Alberto para o Brasileirão

Trio está sem clube desde o fim do ano. Lateral-esquerdo e volante chegariam para reforçar o elenco, enquanto Carlos Alberto tem dívida antiga envolvida na negociação

O Vasco pode anunciar um pacote de reforços logo após o término do Campeonato Carioca. Trata-se do lateral-esquerdo Julio Cesar (ex-Botafogo), do volante Diguinho (ex-Fluminense) e do meia Carlos Alberto (ex-Botafogo). O trio está sem clube desde o ano passado e chegaria de graça, provavelmente com um contrato até o fim desta temporada. As conversas estão avançadas e podem ser concretizadas antes do início do Campeonato Brasileiro.

Julio Cesar, Diguinho e Carlos Alberto são estudados em São Januário (Fotos: Arquivo LANCE!)
Julio Cesar, Diguinho e Carlos Alberto são estudados em São Januário (Fotos: Arquivo LANCE!)

Os três chegariam para reforçar e dar mais experiência ao elenco para o restante da temporada. Os casos de Julio Cesar e Diguinho são diferentes, pois ambos atuam em posições que a diretoria procura. Já a negociação com Carlos Alberto envolve o pagamento de uma dívida de pouco mais de R$ 2 milhões do clube com o atleta. A ideia é que ele ganhe por produtividade, algo que, segundo o LANCE! apurou, não seria problema para ambas as partes.

Com a possível chegada destes três jogadores, a diretoria pretende praticamente fechar o elenco para a temporada. Restaria apenas um meia-atacante rápido para jogar pelos lados do ataque. A tendência é que após o Campeonato Carioca alguns jogadores sejam dispensados ou emprestados para evitar que o elenco fique inchado. É o caso de Jomar, Erick Daltro, Jonatas Paulista, Daniel Rozen, Marquinhos do Sul, entre outros.

Dentre os reforços que podem chegar, Julio Cesar está sem clube desde que foi dispensado pelo Botafogo, em outubro do ano passado. Recentemente, recebeu uma sondagem de um clube da Índia, mas prefere seguir no Brasil. Diguinho não teve seu contrato renovado com o Fluminense no fim do ano passado e está sem clube desde então. Já Carlos Alberto teve vínculo encerrado com o Botafogo em dezembro e também está sem clube.

A diretoria segue monitorando a situação de Fellype Gabriel, que se recupera de uma cirurgia no joelho no centro científico do clube. O jogador tem propostas de outros clubes do Brasil, mas pesa a favor o fato de já estar em São Januário. A questão financeira também complica a negociação, que hoje é vista como difícil pela diretoria do clube.

LANCEPRESS!

Comentários

comentários