“Vamos vencer a crise financeira com a ajuda de todos”, afirma o prefeito

Durante entrevista coletiva nesta tarde, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte comentou sobre o descontentamento de parcela dos servidores da rede municipal de saúde, que anunciou na semana passada a intenção de realizar uma paralisação a partir da próxima quarta-feira (6),

Olarte lembrou que há dois anos a gestão anterior aprovou um reajuste dos salários dos servidores municipais que onerou a folha de pagamento em R$16 milhões, sem indicar de onde viria a receita que garantiria recursos para honrar esse compromisso.

Quanto aos servidores da rede municipal de ensino (Reme), que realizam hoje uma paralisação parcial como um alerta de insatisfação da categoria, o prefeito afirmou que o salário dos professores da Reme está entre os mais altos do país. Eles recebem por vinte horas/aula semanais, o piso nacional da categoria, o mesmo valor que os profissionais de outros lugares do país recebem por uma carga horária de 40 horas/aula semanais.

O salário dos servidores aumentaram cerca de 40% de 2012 pra cá e a arrecadação subiu 14%. “Não fecha, por isso pedimos que o canal de diálogo que a prefeitura mantém aberto com todas as categorias não seja fechado. Sempre estou aberto pro diálogo”, afirmou Olarte.

“Não são problemas criados na gestão Olarte, são problemas que vem desde 2012, mas vamos fazer as correções necessárias”, diz. “Vamos vencer a crise financeira com a ajuda de todos”, reforçou Olarte.

Luana Campos com Jackson Nogueira

Comentários

comentários