Último dia para vereadores entregarem celulares e apresentar defesa na Comissão de Ética

O presidente da Comissão Processante, vereador João Rocha, do PSDB, afirmou que os nove vereadores que são investigados na Operação Coffee Break, que ficaram de enviar defesa por escrito à Comissão, devem entregar o documento nesta segunda-feira (26).
presidente da Comissão Processante, vereador João Rocha, do PSDB Foto Silvio Ferreira
presidente da Comissão Processante, vereador João Rocha, do PSDB Foto Silvio Ferreira

Segundo o parlamentar, nenhum dos vereadores se antecipou na entrega do documento. Ele ainda relembrou que houve um erro na notificação dos parlamentares, já que as primeiras notificações não informavam o local onde os investigados deveriam encaminhar a defesa.

Dessa forma, o prazo se estendeu e venceria hoje (25), mas como se trata de um domingo, a entrega deve acontecer na segunda-feira.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) apura suposta denúncia de compra de votos  de vereadores para cassar Alcides Bernal (PP) em 2014.

Após análise das defesas o plenário decide se eles cometeram ou não quebra de decoro e se merecem até a cassação do mandato. Porém, a comissão não tem prazo para término e pode julgar os parlamentares apenas depois do julgamento da acusação do Gaeco, que precisará passar pela análise judicial, onde será decidido se a denúncia será ou não acatada.

A comissão de ética analisa a conduta de Mario Cesar (PMDB), Edil Albuquerque (PMDB), Paulo Siufi (PMDB), Jamal (PR), Airton Saraiva (DEM), Edson Shimabukuro (PTB), Gilmar da Cruz (PRB), Chocolate (PTB) e Carlão (PSB).

ENTREGA DE CELULARES AO GAECO

O Gaeco aguarda a entrega, voluntária, de 17 aparelhos celulares de vereadores. A lista inclui todos os vereadores que ainda não tiveram o celular apreendidos. Atendendo solicitação do advogado do vereador Edil Albuquerque (PMDB), Renê Siufi, o Gaeco solicita o celular de todos os vereadores. Isso porque Edil alega que Bernal também ofereceu vantagem para não sair do cargo.

O Gaeco solicitou os celulares de todos os ex-vereadores, incluindo os que nem estão mais na Câmara, como é o caso do deputado federal Zeca do PT, deputado federal Elizeu Dionizio (PSDB), deputada estadual Grazielle Machado (PR) e da vice-governadora Rose Modesto (PSDB). Também foram convidados os vereadores Alex do PT, Ayrton do PT, Luiza Ribeiro (PPS), Cazuza (PP), Paulo Pedra (PDT), João Rocha (PSDB), Chiquinho Telles (PSD), Delei Pinheiro (PSD), Coringa (PSD), Carla Stephanini (PMDB), Vanderlei Cabeludo (PMDB) e a suplente Juliana Zorzo (PSC).Mario Cesar (PMDB), Edil Albuquerque (PMDB), Paulo Siufi (PMDB), Jamal (PR), Airton Saraiva (DEM), Edson Shimabukuro (PTB), Carlão (PSB), Gilmar da Cruz (PRB), Chocolate (PTB), Flávio César (PTdoB), Otávio Trad (PTdoB), Eduardo Romero (Rede Sustentabilidade) e o ex-vereador Alceu Bueno foram os primeiros a entregar o celular, mas de maneira obrigatória

 

Comentários

comentários