UEMS, Fundect e Governo do Estado consolidam parceria de sucesso

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Em solenidade realizada ontem(11), no auditório da Governadoria do Estado, o governador Reinaldo Azambuja assinou os Termos de Outorga que somam um montante aproximado de R$ 7 milhões e que tem o objetivo de beneficiar os 50 cursos de graduação e 13 de pós-graduação (Mestrado e D outorado), ofertados nas 15 unidades da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

Os recursos serão aplicados na aquisição de equipamentos, livros, viagens científicas em níveis nacional e internacional. Um ganho para a Universidade Estadual que terá condições de promover efetivas melhorias estruturais e na qualidade de ensino, podendo colher resultados positivos.

“O edital foi recebido em setembro e a contratação dos recursos ocorreu nesta segunda-feira, o que dará condições de promovermos as melhorias que necessitamos em todos os cursos”, afirmou o reitor Fábio Edir dos Santos Costa ao comentar que para chegar a esse ponto os projetos passaram por análise rigorosa da Fundect – Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul.

Fábio Edir também destacou que “nunca houve registro de repasse tão substancial, de uma só vez, para a Universidade. Isso demonstra a importância que o governo Reinaldo Azambuja dá para a educação, com ênfase para a formação superior”. O reitor da UEMS fez questão de demonstrar que a gestão dos recursos se dará de forma a que cada coordenador de curso aplique naquilo que for prioridade, pois a descentralização facilitará a realização dos trabalhos.

Em sua fala, o governador Reinaldo Azambuja elogiou a maneira simples como o reitor administra a universidade. “São duas de suas principais qualidades a criatividade e a simplicidade”. E complementou “o governo é um só, e a UEMS faz parte do governo que é um todo. Nós vamos ter resultados positivos se o todo for vitorioso nesse desafio de ofertar uma gestão eficiente e qualidade dos serviços. Principalmente na área de educação, para que a gente possa ampliar nosso futuro”, afirmou o governador.

Inovando no que diz respeito ao desenvolvimento dos trabalhos, a reitoria da UEMS deu autonomia para que cada curso executasse seu projeto de maneira a contemplar todas as necessidades constatadas. Falando em nome dos outorgandos, a professora Léia Teixeira afirmou que na Universidade “há a consciência da necessidade de bom acolhimento, permanência e devolutiva dos estudantes com formação profissional de qualidade para bem desempenhar no mercado de trabalho”.

O evento ainda contou com a presença do vice-reitor da UEMS, Laércio de Carvalho, pró-reitores e coordenadores dos diversos cursos da Universidade, além de representantes de associações. Também estiveram presentes diversos secretários de Estado, como Eduardo Riedel (Secretaria de Governo), o deputado Rinaldo Modesto, representando a Assembleia Legislativa.

Comentários

comentários