UEMS assina convênio com Universidade de Havana

Fachada da histórica Universidade de Havana, em Cuba. (Foto: Divulgação)
Fachada da histórica Universidade de Havana, em Cuba. (Foto: Divulgação)

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), por meio da Assessoria de Relações Internacionais (Arelim), assinou no último dia 26 de maio, um convênio com a Universidade de Havana, localizada em Cuba com o objetivo de promover o intercâmbio entre alunos e pesquisadores.

De acordo com a responsável pela Arelim, Silvana Moretti, com este convênio, a UEMS fortalece ainda mais rumo à internacionalização. “O termo assinado é o primeiro passo para o estabelecimento de uma aproximação que visa a troca de conhecimento entre a UEMS e uma instituição de referência, como a Universidade de Havana”, destaca Silvana.

A Universidade de Havana é uma das mais antigas do continente americano, tendo sido fundada em 1728 por frades dominicanos. Depois da revolução de 1959, o Estado nacionalizou todas as universidades, que são públicas até hoje.

“A instituição cubana é referência mundial em medicina e doenças tropicais, como a malária, por exemplo. Mas também se destaca em outras áreas. No caso da UEMS, há interesses de docentes de nossa Universidade que têm interesse em realizarem intercâmbio na área de ciências humanas”, confirma a responsável pela Arelim.

De acordo com Silvana, ainda é necessário que o convênio seja efetivado por meio da elaboração de Planos de Trabalho, que aguardam regulamentação interna da UEMS. “O prazo de vigência do convênio é de cinco anos, prorrogável por mais cinco. Implantar esse plano de trabalho de forma efetiva irá contribuir ara o fortalecimento da internacionalização em nossa Universidade”, finaliza Silvana.

Comentários

comentários