Tucanos querem aproveitar bom momento e dobrar número de prefeitos em MS

O presidente regional da do PSDB, reeleito hoje, e secretário estadual de Fazenda, Márcio Monteiro avaliou durante convenção tucana realizada na manhã deste sábado na Assembléia Legislativa, que este é um momento muito importante para a sigla e de grande participação das pessoas.

Monteiro ressalta que o grande desafio é a eleição de 2016
Monteiro ressalta que o grande desafio é a eleição de 2016 Foto Paulo Francis

“Estamos vivendo momentos em diferentes situações. Pela primeira vez o partido venceu a disputa eleitoral em Mato Grosso do Sul e no Brasil somos oposição ao governo e aos seus desmandos. Nosso caminho é no sentido das necessidades da população. Trabalhamos para todos e nossa força vem da união do partido. Pretendemos alavancar projetos importantes para a próxima eleição para prefeitos e vereadores”, declarou o dirigente.

Monteiro ressaltou ainda que o grande desafio neste segundo mandato a frente do PSDB no Esatdo é a eleição de 2016, quando serão eleitos prefeitos e vereadores.

No comando de 11 prefeituras, os tucanos pretendem eleger, no mínimo, 24 prefeitos no próximo ano. A meta é recuperar o prestígio da época de Fernand Henrique Cardoso, presidente da República por dois mandatos. No final da gestão tucana na Presidência da República, em 2002, o PSDB tinha o comando de 24 cidades sul-mato-grossenses. “Dá para chegar neste número”, destacou Monteiro.

Para alcançar esta meta, Monteiro destaca os reforços de peso que a legenda está filiando. “Temos a adesão dos prefeitos de Sonora e Santa Rita do Pardo. Outro reforço é o ex-deputado federal Marçal Filho” comemorou.

Marçal e egresso do PMDB do governador André Puccinelli. ele é uma das principais lideranças políticas de Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Interlocutores ligados ao governador Reinaldo Azambuja, principal expoente do PSDB no Estado, asseguram que Marçal será o candidato a prefeito do partido em Dourados

Durante o ato forma empossados os membros do diretório regional, da executiva estadual e os membros do PSDB Mulher de Mato Grosso do Sul.

 

Paulo Francis e Jackson Nogueira

Comentários

comentários