Trio assalta joalheria e acaba preso pela PM após perseguição cinematográfica

Rafael da Silva Maia, de 29 anos e Igor Vinicios Antunes de Amorim, de 18 anos, foram presos e J.L.A.V, de 17 anos, apreendido na manhã desta quinta-feira (4), após assaltarem uma joalheria localizada na rua Campo Grande, no bairro São Judas Tadeu, em Coxim. Os bandidos tentaram fugir num VW Gol, com placas de Campo Grande, mas foram perseguidos e capturados pela Polícia Militar, após capotarem na BR-163, entre Coxim e Rio Verde.

Detalhe no adesivo, "piloto de fuga". (Foto: Angela Bezerra)
Detalhe no adesivo, “piloto de fuga”. (Foto: Angela Bezerra)

Segundo o site Edição de Notícias, o empresário Renato Dresch, de 58 anos, contou que estava em seu estabelecimento, quando Amorim e o adolescente entraram se passando por clientes. Eles pediram pare ver alguns relógios e quando simularam que iriam fazer o pagamento, o adolescente sacou um revólver e anunciou o assalto.

A dupla amarrou Dresch e alguns clientes que estavam no local. Em seguida, colocaram joias e relógios que conseguiram pegar numa mochila e fugiram no VW Gol branco, que era conduzido por Maia e já aguardava para dar fuga.

Desesperado o comerciante correu até a rua, onde uma viatura da Polícia Militar passava e com as informações do veículo iniciaram as buscas. O carro foi avistado na avenida Gaspar Ries Coelho e os militares iniciaram o acompanhamento tático.

Os militares deram ordem de parada, porém o condutor empreendeu fuga em direção a BR-163. Após aproximadamente 6 quilômetros de perseguição, os policiais atiraram no pneu do carro, que capotou às margens da rodovia.

Foto: Angela Bezerra
Foto: Angela Bezerra

Os três bandidos foram presos numa ação rápida dos policiais militares. Todos os objetos roubados foram recuperados e a arma usada no crime, um revólver calibre 38 e 20 munições, do mesmo calibre, apreendidos.

Os autores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil. Amorim e o adolescente contaram que são de Várzea Grande (MT) e Maia disse que é morador de Campo Grande, onde supostamente pegou o veículo emprestado de um amigo para vir até Coxim.

A Delegada Silvia Elaine Girardi dos Santos e uma equipe do Núcleo Regional de Perícias de Coxim esteve no local do acidente e investigam o caso para saber se há participação de outros envolvidos.

Comentários

comentários