Três dias após ser agredido com garrafada em assalto, homem morre em Dourados

Três dias após ser atingido com uma garrafada no rosto, o comerciante Egon Wentz, 69 anos, morador em Tacuru, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no Hospital da Vida, em Dourados. O óbito foi registrado na tarde de quarta-feira (25).

De acordo com informações do site Dourados News, na tarde de domingo (22) ele estava em seu mini-mercado, quando Odair da Silva Maciel, 37 anos, o ‘Turu’, anunciou o roubo e o atingiu com o objeto.

Em seguida, fugiu levando R$ 366, um par de sapato e o relógio de pulso da vítima. Horas depois a polícia conseguiu prendê-lo em flagrante.

Já Wentz foi socorrido e encaminhado em estado grave a um hospital da cidade e posteriormente trazido a Dourados, onde morreu.

Odair que foi autuado por latrocínio de forma tentada, agora será indiciado pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte.

Comentários

comentários