Traficante foge de perseguição, mas “batedor” acaba preso

No início da tarde desta sexta-feira (20), um veículo modelo Fiat Strada Adventure, cor verde, placas de São Paulo foi apreendido com 405 kg de maconha na MS-379, entre os municípios de Dourados e Laguna Carapã. O motorista do Fiat conseguiu fugir e Janderson da Silva, 32 anos, que fazia papel de batedor para o tráfico, em um veículo Gol, cor vermelha, placas de Aral Moreira, foi preso.

De acordo com o site Dourados News, o Fiat Strada estava carregado com a droga na carroceria. O entorpecente estava dividido em centenas de pacotes. A polícia constatou ainda que o veículo que tinha placa “fria” é produto de furto em São Paulo, com data de 16 de abril deste ano.

Foto: Osvaldo Duarte
Foto: Osvaldo Duarte

A busca pelos responsáveis começou na região de Laguna Caarapã, quando ambos desobedeceram a ordem de parada da polícia local. Assim, a equipe solicitou apoio da Força Tática que nas proximidades da pedreira localizou o veículo carregado e o batedor.

Janderson confirmou que fazia o serviço para o traficante e que pelo mesmo receberia R$ 100. Ele estava acompanhado com sua esposa, de 28 anos, no veículo, a qual ele afirmou que não sabia do fato.

Diante disso, Janderson foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Já sua esposa foi ouvida e liberada. Ainda não há pistas do dono da droga.

Comentários

comentários