Traficante de armas que se passou por pastor evangélico é preso no RJ

O Dia / SF

Segundo a Polícia, traficante disse ser pastor de uma igreja evangélica antes de ser preso (Foto: Divulgação)

Policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) prenderam, na noite desta sexta-feira, um traficante internacional de armas em Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste. Sebastião Braz da Fonseca Neto, de 49 anos, que dizia ser pastor, tinha uma condenação de sete anos e seis meses de prisão por tráfico de armas pela Justiça Federal e estava foragido.

O traficante, de 49 anos, que dizia ser pastor, tinha uma condenação de sete anos e seis meses de prisão por tráfico de armas. Natural do Rio, Sebastião foi preso em 2010 na BR-262, entre Miranda e Corumbá, no Mato Grosso do Sul, junto com Francisco Ferreira de Moura, de 43 anos, transportando sete fuzis Bushmaster, modelo M-15, calibre 5,56 x 45 mm, fabricados nos Estados Unidos. Na ocasião, ambos se identificaram como pastores de uma igreja evangélica.

Segundo a polícia, os fuzis apreendidos foram adquiridos na Bolívia e seriam entregues no Morro do Martins, em Niterói. Pelo transporte, eles receberiam R$ 20 mil.

Comentários

comentários