Tornado derruba árvores, mata 15 vacas e interdita rodovia

Uma espécie de tornando derrubou árvores, postes de energia, destelhou casas e matou 15 vacas, nesta segunda-feira (23), em Amambai, município a 342 quilômetros da Capital. A tempestade com ventos circulares semelhante a um tornado atingiu uma faixa de aproximadamente dois quilômetros de largura passou a cerca de 11 quilômetros da cidade e deixou um rastro de destruição.

Prejuízos provocados pela tempestade ainda serão calculados.  (Foto: A Gazeta News)
Prejuízos provocados pela tempestade ainda serão calculados.
(Foto: A Gazeta News)

De acordo com o site A Gazeta News, algumas árvores foram arrancadas pela raiz e outras cortadas do meio para cima. Na região da base operacional da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) na Rodovia MS-156 entre Amambai e Tacuru, pelo menos quinze postes de concreto de sustentação da rede elétrica caíram.

Parte deles foram quebrados quase ao meio pela força do vento, deixando a própria base PRE e inúmeras propriedades rurais da região, algumas delas com resfriadores de leite movidos a base de energia, inoperantes.
Na base da Polícia Rodoviária um eucalipto caiu sobre o alojamento destruiu a caixa d’água e parte da estrutura do prédio.

Outro eucalipto caiu sobre a pista da MS-156  e interditou o trânsito entre Amambai e Tacuru, por cerca de três horas. Militares do 16º Subgrupamento do Corpo de Bombeiro com sede em Amambai trabalharam sob chuva e tiveram muito trabalho para liberar a via e retirar o tronco que caiu sobre o alojamento da base PRE.

Em uma propriedade rural, um Fiat Uno ficou destruído depois da queda de outra árvore. Por sorte ninguém se feriu.

Pecuarista perdeu 150 cabeças de gado com temporal  Foto: A Gazeta News
Pecuarista perdeu 150 cabeças de gado com temporal Foto: A Gazeta News

Já na Capela São Cristóvão, região conhecida como “Bila”, a força do vento arrancou parte do telhado da ala antiga do salão de festas da comunidade católica. No “Bar do Bila”, situado alguns metros adiante, parte da área do estabelecimento comercial também foi descoberta.

Na Fazenda Angico a sede ficou parcialmente destruída. Já na Fazenda Santa Rita a força do vento, possivelmente auxiliada por um raio, fez arrebentar a fiação da rede de alta tensão, vindo a cair sobre o rebanho, matando na hora quinze vacas da raça nelore, todas fruto de inseminação artificial, e uma bezerra.

Os prejuízos provocados pela tempestade ainda serão calculados.

Comentários

comentários