Torcedores invadem CT do São Paulo, agridem atletas e roubam uniformes

Torcedores invadiram Centro de Treinamentos e roubaram uniformes de treino (Foto: Vinicius Laureano/arquivo pessoal)
Torcedores invadiram Centro e roubaram uniformes de treino (Foto: Vinicius Laureano/arquivo pessoal)

A má fase vivida pelo São Paulo fez com que torcedores fossem ao Centro de Treinamento do clube na manhã deste sábado para protestar contra atletas e dirigentes. Durante a ação, alguns jogadores foram agredidos e materiais de treino acabaram roubados por integrantes de uma torcida organizada.

Após reunirem-se na entrada do local, um grupo de torcedores conseguiu invadir o CT do clube. Para entrar, o portão de entrada foi aberto a força. Dessa forma, um dos campos do local foi completamente tomado.

Alguns jogadores atenderam os torcedores, entre eles Lugano e Maicon. Carlinhos e Wesley foram duramente criticados pelos protestantes. Michel Bastos, outro atleta que já sofreu com as críticas dos torcedores, também foi hostilizado. Durante a cobrança, houve socos e pontapés.

Os torcedores que entraram no local pediram “respeito à camisa do clube” e cobraram uma posição do presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Após a invasão, dez uniformes de treino do São Paulo foram roubados pelos organizados, além de 14 bolas e um galão.

Após conversarem com outros atletas, como Hudson, os torcedores foram colocados para fora do CT por seguranças do clube. O grupo, porém, seguiu protestando na entrada do local.

O São Paulo foi derrotado pelo Juventude na última quarta-feira, no Morumbi, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil – para avançar, a equipe tricolor terá de buscar a virada em Caxias do Sul. No Brasileiro, o time do técnico Ricardo Gomes ocupa a 11ª colocação, com 27 pontos em 21 rodadas.

Comentários

comentários