Todos os candidatos deveriam assumir compromisso com a Primeira Infância, diz Rose

Primeira candidata de Campo Grande a assumir o compromisso com as sete ações estratégicas desenvolvidas para prover qualidade de vida e acesso à educação e lazer para as crianças, a vice-governadora Rose Modesto sugeriu que a Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (Omep) procure todos os outros candidatos à Prefeitura da Capital para formalizar o compromisso com a “Agenda prioritária para a Primeira Infância: qualidade e equidade nas políticas públicas”. A sugestão foi feita durante a formalização do compromisso, na noite de quinta-feira (1º), no Comitê do PSDB.

compeduA Agenda da 1ª Infância foi desenvolvida por institutos, fundações e especialistas das áreas de educação, saúde e assistência social. Uma das metas é ampliar a oferta de matrículas em creche estabelecendo critérios de prioridade e implementar um plano de formação continuada dos profissionais da educação infantil na Rede de Ensino. A primeira infância é momento decisivo no desenvolvimento e formação do ser humano.

“Eu assumi esse compromisso sem medo algum, porque tenho convicção de que é possível avançar e garantir os direitos da primeira infância”, afirmou Rose, candidata a prefeita pela coligação Juntos por Campo Grande (PSDB-PR-PDT-PSB-PRB-PSL-SD). “Eu sou fruto do poder de transformação da educação e, se for eleita, tenho a obrigação de lutar pela educação das nossas crianças”.

Presidente da Omep em Mato Grosso do Sul, Maria Aparecida Salmaze parabenizou a iniciativa. “Achei a fala da Rose fantástica, especialmente pela preocupação que teve com as crianças campo-grandenses”, afirmou. “Ela tem um pacto com a criança. A Rose já tem um serviço prestado neste sentido e, como mulher, tem a sensibilidade necessária”.

O defensor-público geral de Mato Grosso do Sul, Luciano Montalli, destacou o trabalho já realizado pela vice-governadora. “Eu acompanhei e vi, de perto, o compromisso que Rose tem com os direitos da criança e do adolescente e, caso eleita, tenho certeza que isso vai se ampliar ainda mais”, disse. “Está no sangue e coração da Rose o olhar para os mais necessitados”.

Também participaram da agenda várias entidades que militam pelos direitos da criança e do adolescente na Capital, como a Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (Omep-MS), Aliança pela Infância (Núcleo Campo Grande), Associação Movimento Mãe Águia de Combate à Violência Sexual Cometida Contra Crianças e Adolescentes, Conselho Tutelar – Região Sul, Escolha de Conselhos (UFMS), Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Defensoria Pública, Rede Nacional pela Primeira Infancia (RNPI), Secretaria de Estado de Educação, Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) e Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul).

Comentários

comentários