Testemunhas relatam tensão após explosão a carro forte

Da Redação com Informações do Dourados News

Durante assalto a um carro forte em Amambai, os criminosos teriam feito pessoas que passavam na rodovia MS-156 como refém. O crime está sendo investigado e vários vídeos tem circulado na internet em que vítimas descrevem o terror vivido.

Conforme mostrado anteriormente, o grupo teria utilizado dinamite e estava armado com fuzis. O carro-forte ficou completamente destruído. Não há detalhes até o momento sobre vítimas.

Um homem relata ainda abalado no primeiro “vídeo selfie” que os criminosos teriam os obrigado a juntar o dinheiro na ação.

“Acabaram de assaltar o carro na nossa frente aqui, tivemos que ser refém dos ‘caras’. Tivemos que juntar dinheiro, quase mataram nós aqui, meu Deus do céu!”, diz.

No mesmo vídeo, outra pessoa também cita que foi feita refém.

“Eu estava ali atrás, hora que mandou descer do carro e deitar eu deitei”, conta.

Em outro vídeo, o local do crime é mostrado com mais detalhes sobre os destroços do carro e um homem ainda abalado cita que várias pessoas foram feitas de refém.

“Estamos aqui de Caarapó pra Amambai [estrada], um carro forte acabou de ser explodido, fizeram tudinho nós de refém. Eles [autores] fugiram foram para ‘banda’ de Amambai. Destruiu tudo, isso aqui é o que sobrou do carro”, diz.

Policiais que estavam em uma cerimônia de 30 anos do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) foram convocados a atender a situação. De acordo com o levantado até o momento após a ação, os bandidos fugiram num Renault Duster, que foi localizado posteriormente queimado. Os integrantes usaram uma caminhonete em seguida para continuar a fuga.

Comentários

comentários