Temer: “não há plano B” e “nada nos destruirá”

Temer: presidente com menor índice de aprovação em 28 anos – segundo pesquisa Datafolha -, deve ser denunciado pela PGR nesta terça-feira. Foto: Arquivo

O presidente Michel Temer afirmou que não há “plano B” para o governo e nada “destruirá” ele ou seus ministros, em um recado no final de seu discurso em cerimônia no Palácio do Planalto nesta segunda-feira.

“Ninguém duvide, nossa agenda de modernização do Brasil é a mais ambiciosa de muito tempos. Tem sido implementada com disciplina, com sentido de missão”, disse o presidente.

“Não há plano B, há de seguir adiante. Nada nos destruirá, nem a mim, nem aos nossos ministros”, acrescentou.

Ao sancionar a lei que permite a cobrança de preços diferentes para pagamento com cartão de crédito, dinheiro ou cheque, Temer disse ainda que seu governo “está tendo resultados” e garantiu que a reforma da Previdência, “que deu uma parada”, será retomada.

 

Comentários

comentários