Temer afirma que PMDB quer comandar o País, diz jornal

Ao iniciar uma série de viagens pelo Brasil em busca de apoio para sua recondução ao comando do PMDB, o vice-presidente, Michel Temer, disse que o partido “quer comandar o País a partir de 2018”. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

O vice-presidente iniciou uma série de viagens em busca de apoio para ser reconduzido ao comando da sigla Foto: Agência Brasil
O vice-presidente iniciou uma série de viagens em busca de apoio para ser reconduzido ao comando da sigla Foto: Agência Brasil

Temer disse em discurso para militantes: “Nós não podemos ser apenas um partido que acusa ou vai em busca de cargos. Nós queremos comandar o País a partir de 2018 para implantarmos um programa”. O vice afirmou que em 2018 o PMDB terá candidatura própria e que as eleições presidenciais passam pela disputa de 2016.

O vice evitou falar sobre sua relação com a presidente Dilma Rousseff. “O momento é de buscar unidade em todo o País. Estamos propondo uma pacificação nacional. Acredito que a presidente Dilma deve buscar o mesmo com a reunião do conselho que está sendo realizada hoje (ontem)”, disse Temer.

Ele ainda disse que “quem manda no PMDB é o PMDB” e se comprometeu a garantir a governabilidade da presidente, colocando interesses do país acima dos interesses pessoais ou partidários. (Terra)

Comentários

comentários