TCE divulga lista com mais de 100 políticos de MS com contas reprovadas

O TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) divulgou na edição do Diário Oficial desta terça-feira (5) a relação com 119 políticos que tiveram contas rejeitadas pelo órgão. Entre os citados estão prefeito, ex-prefeitos e ex-secretários.

Apesar da medida, não cabe ao Tribunal de Contas a tarefa de “declarar a inelegibilidade dos gestores que figuram na relação”, responsabilidade essa da Justiça Eleitoral, que se optar em manter a inelegibilidade, a pessoa não pode ser candidata nas Eleições 2016.

Entre os nomes citados aparece o do vice-prefeito na gestão Ari Artuzi, Carlinhos Cantor. Ele também foi vereador e presidente da Câmara do município.

Abel Nunes Proença (ex-prefeito de Porto Murtinho); Aparecida Sirlei Casachi Bernardes de Melo (ex-vereadora e ex-secretária em Aparecida do Taboado); Daltro Fiuza (ex-prefeito de Sidrolândia); Djalma Lucas Furquim (ex-prefeito de Aparecida do Taboado); Elizabethe de Paula Pereira Almeida (ex-prefeita de Miranda), Fauze Suleiman (ex-prefeito de Aquidauana); Jácomo Dagostin (prefeito de Guia Lopes da Laguna) e José Antonio Assad e Faria (prefeito de Ladário); Nelson Cintra Ribeiro (ex-prefeito de Porto Murtinho e atual diretor da Fundação de Turismo) também aparecem.

Veja o Diário Oficial abaixo:

Comentários

comentários