Suposta brasileira é encontrada morta em matagal na Bolívia

Uma mulher ainda não identificada foi encontrada morta em um matagal de Puerto Quijarro, na Bolívia, cidade localizada a cerca de quatro quilômetros de Corumbá. A Polícia Nacional da Bolívia suspeita que a vítima seja brasileira, buscando informações junto à Polícia Civil do Brasil.

De acordo com o site Dourados News, a mulher possui entre 25 e 30 anos, cabelos cacheados e pele branca, com três tatuagens pelo corpo, sendo uma com o nome Thiago, no ombro, e duas borboletas nos pés.

A vítima pode ter sido estuprada, pois possui diversos sinais de violência física, e morta por asfixia. O corpo será encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Corumbá, pois não há câmara fria na cidade Boliviana.

A mulher vestia short branco, camiseta azul e sutiã vermelho. Não foi encontrado documentos pessoais junto ao corpo da vitima, mas a polícia acredita que ela seja brasileira.

 

Comentários

comentários