Sob vaias, São Paulo bate Joinville e reencontra vitória

O torcedor do São Paulo pode não ter comparecido em grande número ao Morumbi, mas foi suficiente para demonstrar a insatisfação com a atual fase vivida pelo time. A equipe tricolor foi superior durante os 90 minutos e venceu com tranquilidade o Joinville por 3 a 0, mas vaias e as reclamações direcionadas a praticamente todos os jogadores foram ouvidas do início ao fim – um dos poucos poupados foi Michel Bastos, que marcou o segundo gol. Dória e Alexandre Pato fizeram os outros dois.

Luís Fabiano começou como titular e ouviu algumas vaias no Morumbi
Luís Fabiano começou como titular e ouviu algumas vaias no Morumbi Foto André Lucas Almeida / Futura Press

O resultado serviu para os são-paulinos reencontrarem a vitória, já que as duas partidas anteriores haviam sido resultados negativos: derrotas por 1 a 0 para o Cruzeiro , que custou a eliminação nos pênaltis da Libertadores , e para a Ponte Preta , pelo Brasileiro. Agora, o time dirigido por Milton Cruz soma seis pontos, enquanto o Joinville, ainda sem vencer, segue estacionado com apenas um.

Com apenas Luís Fabiano na frente, o São Paulo começou pressionando e chegou ao gol logo com 10min de bola rolando, graças a uma cabeçada do zagueiro Dória. Mas o ritmo rapidamente caiu no Morumbi, e o time da casa abusou da lentidão na troca de passes, pouco incomodando o Joinville até o final do primeiro tempo. Como os catarinenses também não conseguiram fazer nada no ataque, o intervalo chegou de forma sonolenta, e a torcida subiu o volume das vaias.

Milton Cruz mudou o atacante para a segunda etapa e colocou Pato em campo. E jogador demorou apenas 12min para retribuir, dando a assistência para Michel Bastos encher o pé e marcar o segundo gol. Mesmo dois gols atrás no placar, o Joinville não abandonou a postura defensiva e mal obrigou Rogério Ceni a trabalhar – a exceção foi um chute de Jael que o capitão são-paulino parou com boa defesa. Já cadenciando o jogo, o time paulista chegou ao terceiro gol no final em bela jogada de Pato.

Na próxima rodada, o São Paulo viaja até o Beira-Rio para visitar o Internacional . Já o Joinville terá a chance de buscar a primeira vitória na Série A em casa, diante do Atlético-PR .

Após polêmica, Pato e Luís Fabiano não jogam juntos

Havia a expectativa sobre uma possível dupla de ataque de Pato e Luís Fabiano depois da polêmica troca de declarações entre os jogadores ao longo da semana, mas Milton Cruz optou por um sistema de um só atacante, com Thiago Mendes ganhando vaga no meio-campo. Luís Fabiano foi quem saiu jogando, mas pouco fez; a melhor chance foi um chute mascado para fora após passe de Ganso. Já Pato substituiu o camisa 9 no intervalo e foi decisivo, com uma assistência e um gol. Luís não saiu feliz do Morumbi e voltou a ser bastante vaiado por parte da torcida.

Torcedores protestam também antes do jogo

Além das vaias durante a partida, cerca de 50 torcedores organizados também deixaram claro seu descontentamento antes da partida no Morumbi. Em frente ao estádio, o grupo segurou cruzes que tinha imagens dos rostos de alguns jogadores e gritou palavras de ordem.

Os gols do jogo

10min do primeiro tempo – São Paulo 1 x 0 Joinville
Bruno cruzou da direita e Dória apareceu livre na segunda trave para cabecear para as redes.

2min do segundo tempo – São Paulo 2 x 0 Joinville

Pato puxou contra-ataque pelo meio e serviu Michel Bastos na esquerda da área. O camisa 7 acertou uma pancada de pé esquerdo para ampliar.

40min do segundo tempo – São Paulo 3 x 0 Joinville

Pato recebeu de Thiago Mendes na entrada da área, fintou a marcação e concluiu no canto do goleiro Oliveira.

TERRA

Comentários

comentários