Sevilla aumenta proposta para ter Ganso

O Sevilla está mesmo disposto a contratar Paulo Henrique Ganso. O clube espanhol aumentou a sua proposta neste final de semana de R$ 25,3 milhões para R$ 36,3 milhões. A informação é do jornalista Jorge Nicola, da Rádio Bradesco Esportes FM.

Ganso pode deixar o São Paulo depois da Libertadores (Foto: Estadão)
Ganso pode deixar o São Paulo depois da Libertadores (Foto: Estadão)

Ganso está na lista de reforços do técnico argentino Jorge Sampaoli.

Da proposta inicial que foi recusada, o Tricolor ficaria com apenas R$ 8 milhões, que equivalem aos 32% dos direitos econômicos que lhe pertencem – os outros 68% são do Grupo DIS, que já topou a transferência.

O São Paulo aceita a oferta do Sevilla e fica com R$ 11,6 milhões ou o mantém no Morumbi e corre o risco de vê-lo assinar um pré-contrato com o Sevilla ou qualquer outro interessado a partir de março do ano que vem.

Ganso pediu ao presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para ser liberado ao time espanhol após participação  na Libertadores. O meia já acertou salários e tempo de contrato com o atual tricampeão da Liga Europa, porém ainda espera pelo acordo entre os times.

O São Paulo tentou a renovação de contrato do jogador, que termina em setembro do ano que vem. Só que o representante de Ganso, Giuseppe Dioguardi, adiou uma série de reuniões, sob a alegação de que estava sem agenda.

O meia recusou a proposta de extensão contratual, que elevaria seu salário de R$ 300 mil para R$ 400 mil por mês.

Ganso, contundido, que ficou fora da derrota do São Paulo para o Atlético Nacional por 2 a 0, quarta-feira, no Morumbi, também não viajou para Colômbia para enfrentar o mesmo adversário valendo vaga para a final da Libertadores.

Ontem, o meia não jogou na vitória sobre o América-MG, pelo Brasileirão. (BAND)

Comentários

comentários