Sete de Setembro pega o Corumbaense neste sábado no estadio Douradão

Equipe do Sete fará sua estreia hoje (Foto: Divulgação )
Equipe do Sete fará sua estreia hoje (Foto: Divulgação )

O Sete de Dourados estreia neste sábado (20), às 20h, no campeonato estadual 2016. O jogo, diante do Corumbaense, será no estádio Douradão e válido pela segunda rodada da competição, já que o confronto contra o Aquidauanense, na quarta-feira (17), não aconteceu devido a interdição do estádio Noroeste em Aquidauana.

Os ingressos para a estreia começaram a serem vendidos nesta sexta-feira nas lojas Camisa 10 – Rua Dr. Camilo Hermelindo da Silva, 441, Centro – e Salim Esportes – R. Cel. Ponciano, 2670 – em Dourados.

A expectativa da diretoria é de ter um bom público e com isso manteve os valores dos últimos anos. Para a arquibancada, os torcedores pagarão R$ 10 e nas cadeiras o valor será de R$ 20. Estudantes pagam meia-entrada enquanto aposentados e crianças até 12 anos terão acesso ao Douradão de forma gratuita. Serão disponibilizados 3.300 ingressos no total.

No jogo, a diretoria promete fornecer o maior conforto possível aos torcedores que poderão acompanhar uma equipe que é por muitos cronistas esportivos e torcedores, a melhor que o Sete já montou para disputar o Estadual.

A grande novidade para esse ano é a gestão da TNY Sports que esteve no Itaporã na campanha vitoriosa da segundona em 2015. Tony Montalvão é o sócio proprietário da empresa sediada em Jaboticabal (SP) e não mediu esforços para colocar uma equipe competitiva no Sete nesta temporada.

Será a décima participação do Sete na primeira divisão de Mato Grosso do Sul. Até o momento, a melhor campanha foi uma sétima posição e o time não chega a fase quartas-de-final desde 2013 quando foi eliminado pelo Cene. Na história, o Sete tem um título estadual da Série B em 2005, ano que entrou para o profissionalismo.

Dentro de campo, o técnico Chiquinho Lima conta com jogadores experientes no futebol estadual e nacional, como o volante vice-campeão paulista de 2009 com a Ponte Preta, Eduardo Arroz, e o meia da seleção de Guiné Equatorial, Dio. Alguns jogadores também tiveram sucesso em Mato Grosso do Sul, exemplos do atacante Guilherme que foi campeão e artilho do estadual pelo Cene. O prata da casa Thiaguinho também é um dos destaques do Sete versão 2016.

Fora de campo, Tony contratou o ex-jogador Alex Cruz que foi campeão brasileiro com o Flamengo. O time iniciou a preparação para a competição no início de janeiro e teve a estreia adiada por duas vezes devido a problemas do adversário Aquidauanense, que entrou na competição após a desistência do Itaporã. Sem data para o jogo contra o Azulão, o Sete começa a competição na segunda rodada e já encara um Corumbaense que vem de derrota em casa para o Águia Negra.

“É uma equipe perigosa que tem um técnico campeão estadual e precisa do resultado. Sabemos da dificuldade do jogo e precisamos ter a concentração durante os 90 minutos para colocar em prática o que treinamos durante toda a pré-temporada. Acredito que conseguimos passar tudo que precisamos para estrear e recebi de volta muita dedicação dos atletas. Estamos prontos para jogar”, avaliou o treinador Chiquinho Lima se referindo ao técnico Gilmar Calonga que conquistou o estadual 2015 pelo Comercial.

Na quinta-feira, o time fez o último treino no Douradão e Chiquinho tem poucas dúvidas para escalar o time. Alguns jogadores serão testados na atividade de sexta-feira, às 17h, no CT (Centro de Treinamento) e no recreativo marcado para a manhã de sábado.

“A pré-temporada acabou. Terminamos bem fisicamente, loucos para jogar logo. Tivemos apenas um amistoso. Agora a expectativa é a melhor possível de chegar em fazer um bom jogo e começar a competição se possível com uma vitória. Tenho certeza que esse ano será muito interessante”, disse Eduardo Arroz que revelou ter encontrado no Sete a melhor estrutura dos últimos anos como jogador.

Um dos triunfos do Sete de Dourados será usado justamente neste fim de semana: o estádio Douradão. Os jogadores e comissão técnica querem acabar com a lenda do time não ganhar em casa e fazer de sua casa um fator positivo para enfrentar os adversários. Para isso, a presença do torcedor será de fundamental importância e o time quer começar bem para trazer cada vez mais apoio.

Conjuntura Online

Comentários

comentários