Servidores do INSS entram no quarto dia de grave em Mato Grosso do Sul

Servidores do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) em Mato Grosso do Sul estão em greve desde sexta-feira (10). Eles reivindicam reajuste salarial de 27% e o aumento no quadro de funcionários. A greve é por tempo indeterminado até que haja acordo entre as partes, segundo o sindicato da categoria.

13inss

Das quatro unidades de Campo Grande, duas estão fechadas nesta segunda feira (13): a Central, que está localizada na rua 26 de agosto, e outra na rua Alexander Fleming. As demais agências funcionam normalmente.

Além de Campo Grande, oito filiais estão fechadas no interior estado, segundo a assessoria do órgão. Já o Ministério da Previdência informou que, dos 37 pontos de atendimento em Mato Grosso do Sul, cinco paralisaram o funcionamento.

Os servidores, conforme o G1, pedem aumento salarial de 27%. No entanto o Ministério do Planejamento ofereceu 21% em parcelas para os próximos anos. Outro item seria um novo concurso para contratações.

Na agência principal da capital sul-mato-grossense, segundo a comissão de greve, cerca de 500 pessoas são atendidas por dia e existe a necessidade de 60 novos servidores para o local. Usuários podem solicitar mais informações através do telefone da Previdência Social. O número é 135.

Comentários

comentários