Sertanejo Sorocaba é condenado a pagar multa de R$ 5 milhões a ex-agente

Sorocaba, integrante da dupla sertaneja Fernando & Sorocaba, está sendo processado pelo empresário Paulo Pissoloto, antigo agente do cantor, por ter abandonado a parceria sem pagar multa contratual. Ainda sem valores definidos, a indenização poderá ultrapassar a faixa de R$ 5 milhões. O caso se arrasta há cinco anos e teve o julgamento a favor de Paulo Pissoloto na última terça-feira (21), na 6ª Câmara Cível de Curitiba.

Cantor Sorocaba  (Foto: Reprodução)
Cantor Sorocaba
(Foto: Reprodução)

Segundo os depoimentos do empresário, em 2010, Sorocaba decidiu ir para São Paulo e romper o contrato, levando van, ônibus, carretas e até mesmo um avião para a nova cidade. Naquele momento, o valor da multa de rescisão contratual era de cerca de R$ 1,8 milhão, além de Paulo Pissoloto alegar 35% de direito sobre o cachê de shows feitos até o ano de 2010.

Segundo dados da revista Veja, a dupla realizava cerca de 20 shows por mês em 2010, cobrando cachê de R$ 200 mil. A indenização seria então aplicada sobre os valores arrecadados e corrigidos para o atual ano. Por outro lado, a assessoria de imprensa da dupla alega ter de pagar entre R$ 800 mil e R$ 1,5 milhão.

Diário de Pernambuco

Comentários

comentários