Senai lança segunda-feira projeto que vai beneficiar instituições sem fins lucrativos

_31_bComo parte da programação de “Maio – Mês da Indústria 2016”, o Senai lança, nesta segunda-feira (30), às 8h30, no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), um projeto que vai contribuir com a formação de trabalhadores para a indústria da construção civil e, ao mesmo tempo, beneficiar as instituições sem fins lucrativos da cidade. Trata-se do Projeto Senai é Massa, que consiste na realização das aulas práticas dos cursos de pedreiro de acabamento, pedreiro de alvenaria, pintor de obras imobiliárias, eletricista instalador residencial e instalador hidráulico diretamente nas instituições a serem definidas, executando melhorias na estrutura física e até edificações.

Segundo o diretor-técnico do Senai, Gilberto Evidio Schaedler, em busca do fomento do setor industrial, a entidade vai instigar a cadeia produtiva e auxiliar as indústrias da construção civil com ações que trarão benefícios diretos à população sul-mato-grossense. “A ação tem como objetivo fortalecer a indústria da construção do Estado com a formação de mão de obra qualificada ao mesmo tempo em que presta um serviço às instituições sem fins lucrativos na medida em que os alunos terão as aulas práticas reformando ou edificando sob orientação de profissionais competentes e de entidades ligadas ao segmento industrial”, afirmou.

Inicialmente o projeto contemplará a oferta dos cursos de qualificação profissional na área da construção como pedreiro de acabamento, pedreiro de alvenaria, pintor de obras imobiliárias, eletricista instalador residencial e instalador hidráulico. Os potenciais parceiros do Senai na execução do Projeto são Crea/MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Mato Grosso do Sul), Cau/MS (Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso do Sul), Sinduscon/MS (Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção de Mato Grosso do Sul), entre outros.

Para o gestor do projeto de implantação da Escola da Construção do Senai, Roger Benites, o Projeto será de grande importância para as instituições que desenvolvem atividades que beneficiam a população campo-grandense e também para os alunos dos cursos de qualificação profissional. “Os nossos alunos ficarão bem mais empolgados sabendo que, ao executarem as atividades práticas previstas nos cursos, estarão contribuindo com instituições e fortalecendo o seu papel de cidadão. Acredito ser um incentivo a mais na busca de sua formação”, analisou.

Comentários

comentários