Seis projetos e um veto serão votados na sessão da Câmara desta 5ª feira

camara (1)A sessão ordinária da Câmara de vereadores Campo Grande nesta quinta-feira (7) tem programado a apreciação e possível votação de seis PLs (Projetos de Leis) e um veto do Executivo. Entre todas as matérias uma principal de maior interesse da população é a criação do Programa de Prevenção a Diabetes.

Os parlamentares antes da analise dos PLs terão na sessão ordinária na chamada Palavra Livre, que é de participação da sociedade civil em geral, a participação das representantes do Conselho Tutelas de Campo Grande, Anna Caroline Kalache Correa Lima e Doemia Ignes Ceni. Elas usarão a Tribuna para falar sobre a necessidade de criação da 4ª unidade do Conselho Tutelar na Capital.

Em única discussão e votação serão votados um Veto e um Projeto do Executivo Municipal. Os parlamentares analisam o Veto Parcial do Poder Executivo ao Projeto de Lei n° 8.234/16, de autoria do próprio Executivo, que autoriza a abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 8.095.000,00.

Também o Projeto de Lei n° 8.281/16, de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito junto à União, por intermédio da Caixa Econômica Federal, para financiamento de contrapartida das obras e urbanizações dos córregos Bálsamo, Segredo e Taquaral em Campo Grande e dá outras providências.

Outros PLs

Já em primeira discussão e votação serão votados outros cinco Projetos:

– Projeto de Lei n° 8.162/15, de autoria do vereador Prof. João Rocha, que dispõe sobre a criação do Programa de Prevenção a Diabetes.

– Projeto de Lei n° 8.171/15, de autoria do vereador Flávio César, que declara de utilidade pública municipal a Associação de Mães e Mulheres do Assentamento Estrela Campo Grande.

– Projeto de Lei n° 8.172/15, de autoria do vereador Alex do PT, que cria ponto especial para táxi em evento público.

– Projeto de Lei n° 8.222/16, de autoria do vereador Carlão, que dispõe sobre a sinalização informativa de vias públicas sujeitas a inundações e alagamentos.

– Projeto de Lei n° 8.231/16, de autoria do vereador Mario Cesar, declara de utilidade pública municipal a Associação do Ministério de Ação Social – AMAS.

Serviço – A sessão ordinária de quinta-feira (7) será realizada, a partir das 9 horas, no Plenário Oliva Enciso, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, n° 1.600, bairro Jatiuka Park.

Comentários

comentários