Secretaria de Saúde confirma mais três casos de raiva animal em Ladário

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta segunda-feira, 11 de maio, mais três casos de raiva animal em Ladário. Ao todo, o número de casos chega a seis. A doença foi detectada laboratorialmente em cães considerados semi domiciliados e não domiciliados.

Conforme o secretário da pasta Cleber Colleone, medidas já foram tomadas para combater a doença no município, como a vacinação dos animais que foi feita por meio dos Agentes de Endemias e veterinários do Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ), onde eles percorreram as residências de todos os bairros de Ladário.

“O município vem fazendo a sua parte, porém, mais uma vez, é importante que para nos ajudar na campanha, os proprietários de cães e gatos os mantenham em suas residências. Proteger seu animal de estimação é uma das melhores prevenções”, explicou o secretário.

Além da ação de vacinação, o município já está o recolhendo os animais, cães e gatos, que estiverem em vias e logradouro públicos, o que é respaldada diante da Lei Complementar do Município 029/ 2007 e a norma técnica do Ministério da Saúde.

“O vírus da raiva está circulando em nosso município e nesse momento de risco para a nossa população é necessário algumas medidas preventivas evitando que o vírus venha se espalhar ainda mais entre a nossa população. com o número de casos, a nossa ação preventiva agora é o recolhimento desses animais que estiverem na rua”, explicou Colleone.

Ainda segundo ele, aqueles animais que não foram vacinados, os donos ou responsáveis devem procurar o Núcleo de Controle de Zoonoses, que disponibiliza a imunização desses animais. O NCZ está localizado na rua Emília Alves, Bairro Alta Floresta I, e funciona das 07h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00.

A ação de vacinação contra a raiva animal realizada pelo município, em abril imunizou 3.720 animais, ultrapassando a meta do município que era vacinar 3.500. Ao todo dos animais vacinados, foram 3.188 cães e 532 gatos.

Comentários

comentários