Saúde confirma mais sete mortes por H1N1 e saldo chega a 32 em MS

A Secretaria do Estado de Saúde confirmou mais sete mortes por H1N1 e o saldo em Mato Grosso do Sul chegou a 32. Segundo o boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (1º), foram confirmados 166 casos da doença em 30 municípios.

De acordo com o boletim, no estado tem 615 casos suspeitos em todos os municípios
De acordo com o boletim, no estado tem 615 casos suspeitos em todos os municípios

Bataguassu entrou na lista dos municípios com mortes. Na cidade que fica a 322 quilômetros da capital sul-mato-grossense foram confirmados dois óbitos. Em Campo Grande, Caarapó, Douradina, Jardim e Naviraí tem aumento de um caso cada.

Os outros óbitos confirmados pelo vírus da gripe A desde o início do ano foram registrados em Aquidauana, Corumbá, Coxim, Juti, Ivinhema, Maracaju, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas. O número é o maior desde 2009.

As duas mortes registradas no Hospital da Vida em Dourados, de moradores de Rio Brilhante e Glória de Dourados, ainda não foram contabilizadas no boletim epidemiológico desta semana.

De acordo com o boletim, no estado tem 615 casos suspeitos em todos os municípios. A capital, Dourados e Naviraí são as cidades que têm mais confirmações da doença com 43. 20 e 14, respectivamente. Outras 403 pessoas estão em isolamento.

Comentários

comentários