Santos bate o Flu na Vila, segura o concorrente e encosta no Atlético-MG

Copete e Ricardo Oliveira marcam para o Peixe em duelo direto pela quarta posição do Brasileiro. Wellington Silva marcou para os cariocas

No duelo direto pela quarta posição do Campeonato Brasileiro, deu Santos em cima do Fluminense. Na Vila Belmiro, o Peixe venceu por 2 a 1 , aumentou sua vantagem sobre o adversário e se aproximou mais do Atlético-MG, que empatou na rodada. Os gols santistas foram marcados por Copete e Ricardo Oliveira, e Wellington Silva descontou para o Tricolor.

Jogadores do Santos comemoram gol (Foto: Globo Esporte)
Jogadores do Santos comemoram gol (Foto: Globo Esporte)

O Santos tem agora 51 pontos, e o Flu se mantém os 46, na quinta posição. Na quinta-feira, dia 13, ambos os clubes têm clássicos pela frente. O Tricolor enfrenta o Flamengo em Volta Redonda, e o Peixe o São Paulo no Pacaembu.

As equipe iniciaram a partida com o freio de mão puxado e com muitos erros de passe. Na primeira etapa, foram ao todo 40 (24 do Santos e 16 do Fluminense). O Peixe apostou nos ataques pelos lados, mas não era incisivo. A melhor chance foi com Ricardo Oliveira, após uma saída de bola confusa do Tricolor, mas o atacante parou na boa defesa de Julio César. O Flu apostou nos contra-ataques, e criou duas oportunidades boas. Primeiro em jogada individual de Wellington, que chutou de fora, mas Vanderlei defendeu. A mais clara foi com Marcos Junior, dentro da área, mas Zeca o travou na hora do chute de cara para o gol.

Na volta do intervalo, o Peixe voltou tentando sufocar o Flu, e a estratégia deu certo. Aos três minutos, Renato cruzou, Wellington Silva escorregou e deixou Copete livre para cabecear e abrir o placar: 1 a 0. Em desvantagem, Levir colocou Richarlison na equipe para deixá-la mais ofensiva. Deu certo. Aos ao 17, Vanderlei deu rebote em cabeçada de Marcos Junior, e Wellington Silva mandou para o fundo da rede. Tudo empatado. Richarlison logo depois teve uma ótima chance, mas a bola passou rente à trave esquerda de Vanderlei. O Santos mostrou que não estava abalado e respondeu com a bola na trave em cobrança de Jean Mota. Na sequência, ele cobrou escanteio na medida para Ricardo Oliveira desviar de cabeça e recolocar o Peixe na frente do placar: 2 a 1. O Flu tentou ainda tentou ensaiar uma pressão, mas não conseguiu reagir.

Comentários

comentários