Santos agenda reunião com Lucas Lima e deve afastar meia

Agências

O Santos agendou uma reunião decisiva com o meia Lucas Lima nesta terça-feira (21), no CT Rei Pelé, e deve definir o afastamento do jogador. O presidente Modesto Roma promete uma espécie de “xeque-mate” no atleta. O camisa 10 terá que responder se aceita ou não a renovação contratual oferecida pelo clube paulista. Se continuar sem resposta, ele será afastado e não defenderá mais o alvinegro praiano neste ano. O contrato do jogador termina no fim do próximo mês.

“Ontem nós tivemos a liberação do Lucas Lima por parte do Elano. Ele entregou o jogador a cargo da diretoria. Amanhã [terça-feira] teremos uma conversa e vamos definir a situação. Temos a nossa decisão já. Nós temos uma posição, que será definir o assunto. Se ele não quiser ficar, segue a vida”, afirmou Modesto Roma à reportagem.

O Santos ofereceu R$ 600 mil mensais de salário e mais luvas em um contrato de três temporadas. Lucas Lima nunca respondeu a oferta santista, feita no primeiro semestre deste ano.

A diretoria santista recebeu os torcedores uniformizados no CT Rei Pelé no último sábado. O pedido de afastamento do jogador era unânime entre os torcedores. Além disso, o mau futebol apresentado pelo atleta nos últimos jogos foi determinante para que a diretoria enfim optasse pelo “xeque mate”.

Os dirigentes santistas acreditam que Lucas Lima está acertado com o Palmeiras, como vem sendo noticiado.

Por conta disso, a cúpula alvinegra entende que o camisa 10 será bastante pressionado na despedida do Santos no Campeonato Brasileiro, diante do Avaí, no próximo dia 3, na Vila Belmiro. A renovação com o clube, algo improvável, seria a única saída para evitar o protesto dos torcedores.

Nesta quinta-feira, o Santos promete divulgar o resultado da reunião. Caso Lucas Lima não responda a proposta santista, ele já será afastado para o duelo contra o Flamengo no próximo domingo, no Rio de Janeiro.

Comentários

comentários