Salário de Azambuja é mais baixo que de vice e secretário

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) lançou nessa quinta-feira (29) o Portal da Transparência com os valores de receitas e despesas realizados durante o seu governo. O site também detalha os vencimentos de todos os servidores públicos de Mato Grosso do Sul.

Salário de Azambuja é menor do que de vice-governadora, revela portal da transparência - Foto: Arquivo/Adriano Moretto
Salário de Azambuja é menor do que de vice-governadora, revela portal da transparência – Foto: Arquivo/Adriano Moretto

Como decreto publicado no início de seu mandato, o chefe do Executivo cortou o seu salário pela metade.

De acordo com o portal, Azambuja recebe mensalmente R$ 15.235,36 bruto. Com as deduções, os vencimentos do governador caem para R$ 11.543,21.

A medida, porém, foi tomada apenas pelo governador, segundo a ferramenta. O maior salário dos servidores do Gabinete do Governo – onde o governador é lotado – é atualmente o de secretário Especial, R$ 24.379,86, cargo ocupado por Felipe Mattos de Lima Ribeiro. Deduzindo os impostos, a quantia fica em R$ 18.222,81.

Já a vice governadora Rosi Modesto (PSDB) aparece logo depois com recebimento bruto de R$ 24.376,89 e R$ 18.170,67 abatido os impostos.

O coordenador do escritório regional de Dourados – que no início recebeu o nome de governadoria regional -, Valdenir Machado, recebe salário de assessor II, com vencimento bruto de R$ 10.413,43.

Comentários

comentários