Saiba o que esperar dos novos iPhone 6S e 6S Plus e novos produtos da Apple

Falta pouco para o mundo conhecer os novos smartphones da Apple. Na próxima quarta-feira, a gigante da tecnologia americana irá promover um evento em São Francisco, nos Estados Unidos, para apresentar os novos iPhone 6s e 6s Plus. No evento, o CEO da empresa Tim Cook deve mostrar um novo iPad e a nova geração da Apple TV.

 Novos iPhones podem receber melhorias na câmera Foto: Tomohiro Ohsumi / Bloomberg

Novos iPhones podem receber melhorias na câmera Foto: Tomohiro Ohsumi / Bloomberg

Segundo os rumores recentemente divulgados pelo site “9to5Mac”, os novo iPhones não serão muito diferentes de seus antecessores, mas ficarão mais resistentes e terão câmeras melhores. Visualmente, os aparelhos terão o mesmo design da linha 6, porém serão um pouco mais espessos. Isso acontece porque poderão ser reforçados com uma carcaça de alumínio série 7000, que é muito resistente. A expectativa é que o material evite que o smartphone entorte no bolso de seus usuários.

O tamanho de tela dos celular, com 4,7 polegadas para a versão 6S e 5,5 polegadas para o 6S Plus, deverá permanecer a mesma. No entanto, a expectativa é que a qualidade de visualização na tela seja melhorada. Outra novidade é que a tela deve receber a tecnologia Force Touch, que já existe no Apple Watch e novo MacBook. Com isso, a partir da força do toque sobre o tela, o usuário poderá executar comandos especializados.

Novos iPhones devem ter o design parecidos com o de seu antecessor Foto: divulgação
Novos iPhones devem ter o design parecidos com o de seu antecessor Foto: divulgação

A nova geração será aprimorada em termos de desempenho. Especialistas dizem que os novos iPhone 6s e 6s Plus terão 2GB de memória RAM – 1 GB a mais que a versão anterior do aparelho. Especula-se também que os celulares vão contar com o novo processador Apple A9, 69% mais potente que o do seu antecessor. Em termos de memória, os aparelhos devem manter 16 GB, 64 GB ou 128 GB de armazenamento.

Um grande avanço aguardado pelos fãs da Apple é a melhoria na câmera dos iPhone. Desta vez, a fabricante deve aumentar a resolução da câmera traseira de 8 para 12 megapixels, uma lente com cinco elementos para ampliar a qualidade da imagem.

Os novos aparelhos deverão rodar o novo sistema operacional iOS 9, que trará com recursos como identificador de chamadas nativo. A Siri, assistente pessoal do iOS, ficará mais inteligente e vai funcionar como o Google Now, sugerindo dicas sobre trânsito, mudanças climáticas etc .Existem também a possibilidade do novo sistema operacional trazer papeis de paredes animados como no Apple Watch.

Falar sobre preço ainda é prematura, mas especialistas em tecnologia dizem que os celulares chegaram aos mercado com valores semelhantes aos de seus antecessores. Ainda não há data de lançamento dos novos iPhones no Brasil.

Apple TV

Sem receber atualizações há três anos, a Apple TV deve trazer novidades em sua nova geração. Segundo rumores, o aparelho será integrado com a Siri, ganhará um novo controle remoto – com design mais moderno e minimalista – e com uma loja de aplicativos próprios. O aparelho será regido por uma versão simplificada do iOS 9.

Apple TV Foto: Paul Sakuma / Agência O Globo
Apple TV Foto: Paul Sakuma / Agência O Globo

iPads

No evento, também é esperado que a Apple apresente o iPad Pro, um versão gigante do tablet com tela de 12,9 polegadas. O aparelho deve também trazer configurações de hardware (memória RAM, bateria e processador) potentes. Ele também rodará o iOS 9. A expectativa é que o iPad Mini 4 também seja apresentado, trazendo melhorias de hardware.

iPad Foto: Mark Lennihan / AP
iPad Foto: Mark Lennihan / AP

Apple Watch
Os relógios inteligentes da Apple foram lançados recentemente e, por isso, não devem trazer novidades. Mas existe a possibilidade da empresa americana trazer ao mercado pulseiras em novas cores para os aparelhos.

Apple Watch Foto: ROBERT GALBRAITH / REUTERS
Apple Watch Foto: ROBERT GALBRAITH / REUTERS

O evento começa a partir das 14 horas (horário de Brasília).

EXTRA

Comentários

comentários