Safra de cana-de-açúcar de MS avança apesar do excesso de chuvas

A Biosul – Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul, apresentou os dados da safra 2015/2016 com moagem até 31 de maio. O acompanhamento da safra de cana-de-açúcar no MS é informado quinzenalmente, a safra começou em abril/2015 e deve seguir até janeiro/2016.

Safra de cana-de-açúcar de MS avança
Safra de cana-de-açúcar de MS avança

A chuva acima da média atrapalhou um pouco a colheita, assim, na segunda quinzena de maio foram processadas 2,402 milhões de toneladas de cana, 44,6% maior que no mesmo período na safra passada.

O volume acumulado de cana-de-açúcar processada até o momento é de 9,787 milhões de toneladas, 51,14% maior em relação a 2014.

O índice que mede a qualidade da matéria prima, o ATR/TC (Açúcares Totais Recuperáveis por tonelada de cana) atingiu 128,18 kg na quinzena, volume 2,21% maior que o da safra passada e no acumulado atingiu 120,85kg, também maior em quatro pontos percentuais que o ano anterior.

Até a segunda quinzena de maio foram produzidas 236 mil toneladas de açúcar, quantidade 63,9% maior que a produção registrada anteriormente, que foi de 143,9 mil toneladas. Dados referentes à produção de etanol registram que o acumulado até a segunda quinzena de maio foi de 124 milhões de litros de etanol anidro e 427,5 milhões de litros de etanol hidratado, resultando 552,4 milhões de litros de biocombustível produzido, volume 56,22% maior que na safra 2014/2015.

Segundo o Presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, “os números destacados com relação à safra anterior são muito mais fruto de um péssimo início que tivemos na safra passada do que evolução da safra atual. Ainda assim, continuamos com a previsão de crescer 15% em cana até o fim da safra. Na quinzena, a produção poderia ter sido maior, não fosse o excesso de chuvas.”

Comentários

comentários