Saem os campeões da 1ª Copa Futsal Capital 95

A manhã fria deste sábado (20) parece não ter intimidado os talentos mirins na disputa das finais da 1ª Copa Futsal Capital 95 que aconteceu no Sesc Camillo Boni. Cerca de 300 alunos de 8 escolas de Campo Grande disputaram o campeonato em 4 categorias, mirim, pré-mirim, fraldinha e mamadeira.

Mamadeiras do Chelsea Brasil recebendo as medalhas Foto Luana Campos
Mamadeiras do Chelsea Brasil recebendo as medalhas Foto Luana Campos

“Alcançamos o nosso objetivo que era fazer um campeonato voltado para a família”, conta José Ubirajara, o Bira, organizador do evento. Coordenador da escola de futebol do São Paulo Futebol Clube, Bira se admira com o desempenho dos atletas, “para quem gosta de apreciar um bom futebol a molecada está com um alto padrão”.

Logo no primeiro jogo, da categoria mirim, o Chelsea Brasil levou a melhor de 2×1 sobre o time Alexander Fleming. O técnico do Chelsea, Gilmar Simioli Jr., afirma que a vitória foi uma reviravolta depois do último campeonato disputado, onde o time foi eliminado ainda na fase de grupos. “Isso veio coroar a campanha dos meninos, estamos treinando há 3 anos com o mesmo time e batalhamos muito, esse foi um jogo muito difícil”, explica o técnico.

Cansado e com frio, o zagueiro do time Artur Leonel, de 11 anos, foi o autor de um dos gols da final que levaram o Chelsea Brasil ao primeiro lugar do mirim, “estou muito feliz, foi uma final emocionante”. O colega de time, Matheus Roa, 11, acha que o time teve uma grande evolução durante o campeonato, “foi uma vitória muito boa, foi muito difícil, acho que joguei melhor no outro jogo, mas estou me sentindo muito bem”.

No jogo mais esperado da competição, o da categoria pré-mirim, o São Paulo Futebol Clube ganhou de 4X3 do Alexander Flemming.

Os fraldinhas do SPFC também levaram a melhor sobre o General Osório. O empate de 1×1 acabou nos pênaltis. Resultado 5×3 para o SPFC.

Na categoria mamadeira, o último jogo do dia, Chelsea Brasil fez 1×0 no Alexandre Flemming.

Para o técnico Gilmar a conquista mais importante do trabalho foi a diversão, “eles tem que se divertir não importa o resultado e conseguimos isso hoje”.

Luana Campos

Comentários

comentários