Rota do Desenvolvimento em Coxim recebe cerca de mil visitantes

A segunda edição da Rota do Desenvolvimento em Coxim, região Norte de Mato Grosso do Sul, mobilizou, em quatro dias de evento, empreendedores, poder público e instituições dos mais variados segmentos da sociedade civil organizada.

Visitantes sendo recepcionados pela organização do evento (Foto: Divulgação)
Visitantes sendo recepcionados pela organização do evento (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado, por meio da Semade (Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), e o Sebrae, junto ao Sistema S, promoveram cerca de 200 atividades – entre cursos, palestras e workshops – voltadas ao fomento da diversificação da matriz econômica e desenvolvimento local.

Entre os dias 15 e 18 de setembro, a Rota do Desenvolvimento recebeu em torno de 1.000 visitantes. Na ocasião, mais de 270 empresários e produtores rurais foram capacitados e atendidos com a finalidade de estimular a geração de emprego e renda, fortalecer a economia local e instruir donos de pequenos negócios, já inseridos no âmbito da campanha nacional Compre do Pequeno Negócio.

Desenvolvimento no Norte de MS

Durante os quatro dias de programação, empreendedores, produtores rurais e potenciais empresários de Coxim e outras 12 cidades (Alcinópolis, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Costa Rica, Figueirão, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Rio Verde, São Gabriel do Oeste, Sonora e Rio Negro) tiveram a oportunidade de refletir sobre seus negócios, através de um leque de atividades oferecidas para diversos mercados: agronegócio, turismo, meio ambiente, alimentação, moda e beleza, além de receber informações sobre economia, administração, compras públicas e acesso a crédito para os pequenos negócios.

Destaques em Coxim

No dia 15 de setembro, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, abriu o evento.

O Secretário adjunto da Semade, Ricardo Senna, realizou a palestra sobre a força dos pequenos negócios na região Norte. O painel Mulher de Negócios aconteceu no dia 16 e foi conduzido pela diretora técnica do Sebrae/MS, Maristela França, com o tema “Mulher de Negócios: Empreendedorismo Feminino em Pauta”.

Já no dia 17, o especialista em visagismo, Karlos Cruz ministrou a oficina “Visagismo, o Poder da Imagem Pessoal”. No mesmo dia, Samy Dana, Ph.D em Business, doutor em administração e professor na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da FGV, falou sobre os impactos e oportunidades da economia para as micro e pequenas empresas.

Para o secretario da Semade, Jaime Verruck, o evento traz força para os pequenos negócios. “O governo do Estado está realizando ações para fomentar os pequenos negócios do Estado e promover o desenvolvimento econômico em todos os municípios”, afirmou Verruck.

Para o superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça, o evento foi importante para pensar em alternativas de desenvolvimento frente à crise econômica.

“É o momento de considerar a situação do país, a crise internacional, mas sempre tendo em mente algo novo a ser proposto; afinal, é na crise que o dinheiro muda de mão. Quem estiver qualificado, buscando conhecimento, pode melhorar e fazer com que seu negócio cresça. Enquanto alguns choram, outros vendem lenços. É hora de formalizar, planejar, sentar e desenvolver propostas, desenhar o futuro, e o Sebrae contribui para ajudar junto com todo o Sistemas S”, ressaltou.

Próximas edições  

O evento acontece ainda neste ano em Dourados (22 a 25 de outubro) e Três Lagoas (17 a 19 de novembro). São realizadores: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (por meio da Semade), Sebrae, Sesc, Senac, Senai, Sesi, IEL, Senar, Sest Senat, e Sistema OCB/MS. Apoiam a iniciativa: Prefeituras participantes, Amems, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Faems, Sistema Famasul, Sistema Fecomércio MS, Sistema Fiems, Fundect, UEMS, UFMS, Assomasul.

Comentários

comentários