Rose promete reestruturar setor de segurança pública de Campo Grande

A candidata Rose Modesto, da Coligação Juntos Por Campo Grande (PSDB-PR-PDT-PSB-PRB-PSL-SD), discutiu medidas para promover a segurança na Capital com os guardas municipais e suas famílias, no sábado (15). A candidata assumiu compromissos com as reivindicações da categoria e apresentou propostas na área para reestruturar a segurança pública.

Rose fala com eleitores em encontro (Foto: Divulgação)
Rose fala com eleitores em encontro (Foto: Divulgação)

Rose acredita que ouvir as demandas dos guardas é importante, porque os considera a “polícia de Campo Grande”. Entre as propostas da candidata para a área estão a unificação da Guarda com as polícias Militar e Civil – para que discutam juntos como promover a segurança; a discussão de plano de cargos e carreira; a criação dos “Territórios da Paz”, que são os pontos mais perigosos que necessitam da presença da guarda; e estrutura física, inclusive com armamento para enfrentar a criminalidade.

Conforme Sebastião Gonçalves, o porte de arma de fogo é previsto pela Lei Federal 13.022/2014. “Hoje todos os guardas municipais trabalham na rua e lidamos com pessoas perigosas”, explicou. Para ele, a candidata assumir o compromisso demonstra que é a escolha certa e que está disposta a ouvir a categoria. “Acredito que 60% da Guarda está com a Rose”.

COMPROMISSO COM A PREVENÇÃO

Entre os presentes na reunião, estavam os vereadores eleitos da Coligação de Rose, o delegado Wellington de Oliveira e o policial federal André Salineiro. Os dois conversaram sobre os desafios para a promoção da segurança na Capital.

Conforme o delegado Wellington, é necessário o trabalho de prevenção. “Quando falamos de segurança pública, também estamos falando de escola, o que a criança faz no período livre, estamos decidindo aqui principalmente o futuro das nossas crianças”.

Para ele, Rose tem compromisso com a prevenção, devido ao trabalho prestado com a criação do projeto Tocando em Frente, que oferta cursos de artes e esportes à crianças, adolescentes e pais na região do Parati.

“Rose será uma prefeita que vai ouvir as pessoas que querem tornar Campo Grande um modelo de segurança pública para outros municípios”, acrescentou André Salineiro.

Comentários

comentários