Rose Modesto garante ampliar o Programa Rede Solidária na capital

Investimento e ampliação dos programas de assistência social também serão prioridade na gestão de Rose Modesto, candidata à prefeitura pela coligação Juntos por Campo Grande (PSDB-PR- PDT-PSB- PRB-PSL- SD). Um de seus objetivos é ampliar a Rede Solidária.

Rose Modesto em conversa com eleitores (Foto: Divulgação )
Rose Modesto em conversa com eleitores (Foto: Divulgação )

Em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, a candidata quer expandir o projeto, oferecendo aos moradores de todas as regiões da cidade cursos de capacitação, música, dança, esporte, artes e também reforço aos alunos com dificuldade na escola.

Quando ocupou o cargo de secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose implantou na Capital unidades do Rede Solidária para atender pessoas de bairros, como Jardim Noroeste, Dom Antônio Barbosa e regiões próximas.

Na sua administração, Rose pretende expandir o programa em parceria com o Governo do Estado, iniciativa privada e terceiro setor.

Crianças e adolescentes poderão fazer cursos de artes, informática e participar de reforço para melhorar o desempenho na escola. Já os adultos contarão com capacitação profissional e posterior encaminhamento para o mercado de trabalho.

O programa foi criado para atender, especialmente, as famílias carentes, que vivem em situação de risco social e vulnerabilidade.

Com capacidade para atender mais de 1,2 mil pessoas, a primeira unidade do Programa Rede Solidária idealizada por Rose Modesto foi no Bairro Dom Antônio Barbosa. A denominada Unidade Ruth Cardoso, fica justamente na região da Favela Cidade de Deus, área com menor renda per capita de Campo Grande.

Rose, então secretária estadual, foi a primeira em Mato Grosso do Sul e uma das pioneiras no Brasil a dar início ao trabalho pactuado com a ONU (Organização das Nações Unidas) com objetivo de alcançar metas propostas para que países cumpram nos próximos 15 anos.

Em setembro de 2015, líderes mundiais pactuaram em Assembleia Geral da ONU, em Nova York, objetivos como erradicar a pobreza, a fome, alcançar a segurança alimentar, melhorar a nutrição, promover agricultura sustentável, dentre outras finalidades.

 

Durante o evento nos EUA, representante da ONU elogiou e ressaltou o Programa Rede Solidária, destacando que a iniciativa de Rose Modesto em acolher, garantir direitos, educar e emancipar as pessoas em situação de vulnerabilidade deveria ser copiada em todo o mundo, numa escala global.

 

Ela frisou ainda que o projeto representava os primeiros passos para acabar com a pobreza, a fome e promover o bem-estar para todos.

Comentários

comentários