Rose afirma que prioridade é terminar obras paradas ao registrar candidatura

A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) tornou-se oficialmente candidata a prefeita de Campo Grande ao entregar a documentação necessária à Justiça Eleitoral no final da tarde desta quarta-feira (10). O partido aposta em aliança com outras seis legendas, incluindo o PR, que indicou o vice dela, Cláudio Mendonça.

Mendonça e Rose chegam ao TRE, nesta quarta, para registro da candidatura
Mendonça e Rose chegam ao TRE, nesta quarta, para registro da candidatura

No Tribunal Regional Eleitoral, Rose oficializou todas as candidaturas que compõem a Coligação “Juntos por Campo Grande”. Ela também entregou o plano de governo, Declaração Anual de Bens, Certidões Criminais e Comprovante de Escolaridade, entre outros documentos exigidos. “A população não quer ficha suja ou populista. Eu estou muito tranquila que jamais respondi um processo. O foco não é o concorrente. Eu espero que essa seja uma campanha de nível alto”, afirmou.

Rose destacou que a prioridade de sua gestão será acabar as obras inacabadas, principalmente dos Centros de Educação Infantil e dos postos saúde básica. “A intenção é fazer com que campo Grande volte a funcionar”.

O Plano de Governo apresenta as diretrizes que vão nortear a gestão dos pré-candidatos, caso eleitos. São propostas para as áreas como saúde, educação, segurança, assistência social, entre outros. Foram elaboradas a partir de pesquisas realizadas com a população da Capital a partir do Pensando Campo Grande, projeto que coletou informações com moradores locais. “Na construção do plano de governo ouvimos setores, sindicatos e os usuários dos serviços. Mas o plano fica aberto até o final da eleição”, declarou Rose.

A criação dos corredores exclusivos de ônibus do transporte coletivo também é uma das propostas. “Desde 2011 discutimos a implantação dos corredores de ônibus”, destacou. A candidata lembrou que desde 2011 o PSDB iniciou o programa “Pensando Campo Grande”, onde foram feitas diversas reuniões para escutar a população e colher elementos e sugestões para a construção do plano.

Comentários

comentários