Rosberg vence na Áustria; Massa segura 40º pódio na raça

O brasileiro Felipe Massa subiu ao pódio pela primeira vez na temporada de Fórmula 1 ao ficar com a terceira colocação do Grande Prêmio da Áustria da categoria, neste domingo. A prova foi vencida pelo alemão Nico Rosberg, que tomou a liderança de Lewis Hamilton ainda na primeira curva e deixou o britânico com o segundo posto.

Massa não ia ao pódio na Fórmula 1 desde o Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada passada, em que ficou com a segunda colocação. Na ocasião, a prova foi vencida por Lewis Hamilton, que assim conquistou seu segundo título do Mundial.

Nico Rosberg Foto Getty Images
Nico Rosberg Foto Getty Images

Neste domingo, Massa foi beneficiado por um erro da Ferrari na troca de pneus do alemão Sebastian Vettel, que vinha na terceira colocação. O piloto da Williams ganhou o posto nos boxes e depois mostrou raça e eficiência na pista para se defender dos ataques do rival e garantir um lugar no pódio pela 40ª vez na carreira.

Vettel ficou em quarto, seguido por Valtteri Bottas, Nico Hulkenberg, Pastor Maldonado, Max Verstappen e Sergio Pérez. Daniel Ricciardo completou a zona de pontuação do GP da Áustria no décimo posto, logo à frente do brasileiro Felipe Nasr, que largou em oitavo e recebeu a bandeira quadriculada em 11º.

Com a vitória em Spielberg, sua terceira na temporada, Rosberg diminuiu para dez pontos a desvantagem para Hamilton na briga pelo Mundial. O britânico lidera o campeonato com 169 pontos, deixando o companheiro de Mercedes com 159. Já Felipe Massa soma 62. A próxima prova da F1 é o GP da Inglaterra, em 5 de julho.

Nico Rosberg começou a prova melhor do que Lewis Hamilton e assumiu a liderança antes da primeira curva. No mesmo ponto, Felipe Massa tentou tomar o terceiro posto de Sebastian Vettel, mas o alemão da Ferrari conseguiu se defender bem do ataque do brasileiro da Williams.

A briga entre Rosberg e Hamilton foi interrompida ainda na primeira volta por causa de um acidente entre Kimi Raikkonen e Fernando Alonso, que causou a entrada do carro de segurança. O finlandês perdeu o controle de seu carro, que atingiu o do espanhol e os dois foram parar no guard-rail, com a McLaren sobre a Ferrari.

O carro de segurança retornou aos boxes na sétima volta, liberando a disputa por posições na pista. Mas no pelotão de frente quase não houve briga. Rosberg, Hamilton, Vettel e Massa se mantiveram nas quatro primeiras colocações com distâncias seguras de um para outro até começarem a parar nos boxes.

O líder da prova foi o primeiro a trocar seus pneus na 34ª volta, retornando à pista no quarto posto. No giro seguinte, foi a vez de Hamilton fazer seu pit-stop, voltando atrás de seu companheiro de Mercedes. Quem se deu bem nas paradas foi o brasileiro Felipe Massa, que ganhou o terceiro posto de Sebastian Vettel por causa de problemas no trabalho da equipe Ferrari na troca do pneu direito traseiro.

A vida de Rosberg ficou ainda mais tranquila na ponta quando a direção de prova puniu Lewis Hamilton com acréscimo de 5s em seu tempo total de prova por ter passado pela linha divisória na saída dos boxes. Já Vettel apertou o ritmo para tentar alcançar Felipe Massa na terceira colocação.

A dez voltas do fim, o brasileiro tinha 1s2 de frente para o alemão. A cinco giros da bandeirada quadriculada, Vettel se colocou definitivamente na briga. Podendo abrir a asa traseira móvel, começou a atacar Massa. Na volta final, o piloto da Ferrari tentou sua última cartada, mas o brasileiro da Williams conseguiu se defender e garantir a terceira colocação, atrás apenas de Nico Rosberg e Lewis Hamilton.

G1

Comentários

comentários