Romero diz que declaração de Bernal sobre 13º é ‘equivocada’

O vereador Eduardo Romero (Rede Sustentabilidade) relator da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, afirmou que “é equivocada” a declaração do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, feita na manhã desta quarta-feira (2), que sugeriu que “o pagamento do 13 º dos servidores municipais pode ser viabilizado se os vereadores votarem projeto do Executivo sobre os depósitos judiciais do município”.

Vereador Eduardo Romero Foto Silvio Ferreira
Vereador Eduardo Romero Foto Silvio Ferreira

Romero explicou que, apenas uma pequena parte dos recursos dos depósitos judiciais podem ser empregados para a folha ou o 13º, então é um equívoco condicionar algo nesse sentido”.

Estima-se que de R$22 milhões em depósitos judiciais – cuja destinação deve ser votada ainda nesta quinta-feira (3) , cerca de R$20 milhões já estejam ‘carimbados’, ou seja, têm como uso obrigatório, o pagamento de precatórios da dívida do município, em especial, pagamentos a fornecedores, sobre os quais a administração municipal não tem autorização legal de discricionariedade (dar outro destino aos recursos).

Silvio Ferreira

Comentários

comentários