Rio vira chacota em programa de TV dos EUA

Humorista criticou as obras atrasadas e a violência, além da proliferação do Zika vírus

Rio – Os Jogos Olímpicos no Rio nem começaram, mas já são motivos de chacota. Pelo menos para um apresentador de TV dos Estados Unidos. Stephen Colbert, do famoso programa de entrevistas “Late Show”, do canal CBS, criticou as obras atrasadas e a violência, além da proliferação do Zika vírus. Sobrou também para a poluição na Baía de Guanabara que aparece suja numa foto e com um sofá jogado dentro d’água. No último dia 28, ele tratou a Olimpíada como piada em seu programa.

“Muitos dos locais ainda não estão acabados, possivelmente porque mais de 10 bilhões de dólares em contratos de construção foram para somente para cinco empresas, as quais estão sob investigação de superfaturamento e de pagamento de propinas. Executivos já foram presos ou condenados, mas, para sorte deles, os presídios só ficam prontos em 2036”, brincou o apresentador para ser logo aplaudido.

Um momento de gafe e Stephen foi quando falou da falta de segurança no Rio e mostrou uma foto de um carro da Polícia Militar de São Paulo. “O país acabou adotando um novo slogan: Brasil, venha ver o esporte. Morra e não vá mais embora”, disse o apresentador.

Ele ainda mostrou fotos do protesto de policiais no Aeroporto do Galeão, quando os manifestantes levaram o cartaz que mostrava a frase ‘Bem-vindo ao inferno’. A faixa dos policiais avisava ainda, em inglês, que quem viesse ao Rio não estaria seguro. O programa de Stephen Cobert mostrou também uma montagem da logo dos Jogos com dois homens armados, assaltando uma vítima.

Comentários

comentários