Reinaldo diz que população de Campo Grande está cansada de sofrer

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) destacou ontem a noite durante comício no bairro Aero Racho o compromisso e a competência da candidata Rose Modesto, da coligação Juntos por Campo Grande (PSDB-PR-PDT-PSB-PRB-PSL-SD), para administrar a cidade e dialogar com todos os segmentos da sociedade.

Governador durante discurso na noite de ontem (Foto: Divulgação )
Governador durante discurso na noite de ontem (Foto: Divulgação )

Reinaldo fez a abertura do comício de Rose, ocasião em que destacou que este momento é de grande responsabilidade para a população, já que ela decidirá o futuro da Capital através do voto democrático.

“Do jeito que está, quem sofre é a população. Eu acredito que vale a pena trabalharmos para fazer a boa política. Quando estive aqui em 2012 fui bem aceito por muitos de vocês. Infelizmente, percebemos que Campo Grande não mudou muito de lá para cá. Os problemas continuam praticamente os mesmos. Esta é a hora da mudança”, constatou.

Para o governador de Mato Grosso do Sul, a crise existe para todos e em todas as esferas, mas ela pode ser minimizada através de um choque de gestão eficiente. “A crise existe para a dona de casa, para o trabalhador e também para o aposentado. Acima de tudo, é preciso competência para fazer uma boa gestão e combater os problemas emergentes advindos dela. E a Rose tem capacidade de sobra para isso. Ela caminhou ao meu lado e sabe como fazer diferente.”

EMPREGO E RENDA

Um dos pontos destacados por Reinaldo foi a necessidade da retomada da geração de emprego e renda na Capital. Segundo o governador, com o apoio do setor produtivo, Rose terá a oportunidade de reverter o quadro de demissões e diminuir o impacto da retração econômica ao estimular o empreendedorismo e a geração de novos postos de trabalho. Para isso, Rose conta com a experiência do vice, Cláudio Mendonça, que é diretor-superintendente licenciado do Sebrae.

“A classe empresarial precisa ser valorizada. O Cláudio esteve à frente do Sebrae e sabe da importância das micros e pequenas empresas e como elas podem transformar a vida das pessoas, com mais empregos. Administrar é firmar parcerias. E para isso, é preciso haver estímulo e diálogo – o que não acontece hoje. Não podemos tensionar mais, pois já percebemos que isso não dá certo. Hoje, se estou governador e, junto com a nossa equipe, estamos transformando o nosso Estado, eu devo à Capital. Por isso, peço pela Rose, o voto de confiança a vocês”, finalizou o governador.

Comentários

comentários