Reinaldo destaca valorização da educação pública em anúncio de reajuste de 11,36% a professores

Acompanhado de secretários de Estado, autoridades políticas e representantes sindicais da educação pública de Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja anunciou na tarde desta terça-feira (23) o reajuste de 11,36% no piso salarial dos professores, em cumprimento à Lei Federal nº11.738/2008, que estabelece o piso do reajuste anual dos docentes da educação básica.

24profe

A decisão do reajuste foi tomada após estudos realizados pela equipe de governo e diálogos com as entidades de classe. Para o governador, mesmo com o momento de crise que o país atravessa, o Governo do Estado está cumprindo uma determinação legal e principalmente, mantendo a política de valorização dos servidores.

“Valorizar a educação pública passa pela valorização salarial dos professores, e mesmo com todas as dificuldades, estamos trabalhando para melhorar a qualidade da educação em Mato Grosso do Sul”, disse o governador. Ele ainda destacou ainda que a educação é uma prioridade, e que com planejamento esse reajuste deixa o Estado como 1° no ranking salarial da educação de todo o Brasil.

De acordo com o presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Roberto Botarelli, esse é um momento histórico para o movimento sindical da educação no Estado e para todos os professores e profissionais da educação.

“É um momento de orgulho para todos os trabalhadores da educação pública saber que hoje Mato Grosso do Sul paga o melhor salário do país dentro todos os Estado para os professores, e isso reflete diretamente na qualidade do ensino, uma vez que o Governo não vai ter que se preocupar com greve e o professor não vai se preocupar com reposição de aula. Agora é apostar na formação continuada, por que temos que avançar na qualidade de ensino, e isso fica mais fácil com a questão salarial definida, os kits escolares, uniformes, merenda para os alunos”, afirmou.

Ele ressaltou ainda que existem famílias que não podem comprar o material e os kits, e com a entrega sendo feita logo no primeiro dia do ano letivo, isso traz tranquilidade para os pais e para toda a comunidade escolar. “É a primeira vez que o Governo do Estado entrega todos os kits, uniformes e merendas no 1º dia de aula”, garantiu o presidente Roberto Botarelli.

De acordo com dados da Secretaria de Estado Educação (SED), todos os 9.112 professores efetivos serão beneficiados com esse reajuste já no mês de março. Agora, cada professor com formação de ensino médio no início de carreira vai receber um salário de R$3.151,68 para lecionar por 40 horas semanais na Rede Estadual de Ensino. Já os professores com formação de nível superior, a remuneração no início de carreira será de R$ 4.727,67.

Para a vice-governadora e secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose Modesto, Mato Grosso do Sul está se tornando uma referência em valorização e qualificação dos profissionais da educação. “O governo está priorizando as pessoas, e isso passa pela valorização da educação”, finalizou.

Comentários

comentários