Reinaldo convida e Fernando Henrique vem a MS para lançamento de programa

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reuniu-se com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no final da manhã desta terça-feira (22), em São Paulo, e o convidou para vir a Mato Grosso do Sul prestigiar o lançamento do Programa Rede Solidária, no mês de novembro deste ano. Durante o diálogo, que durou pouco mais de uma hora, foram tratados assuntos referentes ao país e ao Estado, e o ex-presidente aceitou o convite feito por Reinaldo.

Reunião entre Reinaldo Azambuja e Fernando Henrique Cardoso  (Foto: Divulgação)
Reunião entre Reinaldo Azambuja e Fernando Henrique Cardoso Foto: Divulgação

O Rede Solidária é da Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) e é encabeçado pela secretária da pasta e vice-governadora, Rose Modesto, também. O projeto propõe aquisição por parte do Estado de produtos agrícolas advindos da agricultura familiar.

“Visitei o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. Tivemos uma excelente conversa sobre o país e o nosso Estado. Aproveitei o encontro e fiz o convite para que ele vá a Mato Groso do Sul participar do lançamento do projeto Rede Solidária, no mês de novembro, e ele já confirmou presença”, disse Azambuja em sua página de rede social.

Reinaldo está em São Paulo onde participa de reunião com governadores e lideranças do PSDB, para discutir entre os assuntos a criação da CPMF, além de participar, no final da tarde, do 13° Congresso Brasil Competitivo. Reinaldo se reuniu às 12h, no Palácio dos Bandeiras, sede do Governo de São Paulo, com os governadores do PSDB, onde discutiu o projeto da presidente Dilma Rousseff (PT), que tenta criar novamente o CPMF, mas que agora ao invés de ser destinado a saúde, vai servir para cobrir o rombo da previdência social.

Neste momento Azambuja participa do 13º Congresso Brasil Competitivo – 2030: O Brasil que queremos. No mesmo evento haverá Executivos de Pernambuco (Paulo Câmara), Goiás (Marconi Perillo), Espírito Santo (Paulo Hartung), Mato Grosso (Pedro Taques), Distrito Federal (Rodrigo Rollemberg), além de empresários, ministros e parlamentares.

O congresso é organizado pelo Movimento Brasil Competitivo. O governador de Mato Grosso do Sul debaterá no painel A Reforma do Estado Brasileiro como Fomento ao Desenvolvimento, às 16h30.

Comentários

comentários