Queda de avião mata ex-presidente da Vale e mais seis pessoas em São Paulo

O ex-presidente da Vale, Roger Agnelli, estava entre as vítimas do monomotor que caiu na tarde de hoje (19) em São Paulo. Agnelli presidiu a empresa durante dez anos, de 2001 a 2011. A mulher do executivo também morreu no acidente.

O avião de pequeno porte caiu às 15h23 sobre uma casa na Rua Rua Frei Machado, 110, no Bairro da Casa Verde, zona Norte da capital paulista, após decolar do aeroporto Campo de Marte. Os seis passageiros e o piloto morreram. Uma pessoa que estava na casa foi levada para o pronto-socorro da Santa Casa da Misericórdia de São Paulo.

A aeronave de prefixo PR-ZRA estava registrada em nome de Agnelli.

O executivo era formado em Economia pela Fundação Armando Álvares Penteado e desenvolveu sua carreira profissional no Grupo Bradesco, onde trabalhou de 1981 a 2001, antes de presidir a Vale.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), as operações no Aeroporto Campo de Marte ainda estão suspensas. De acordo com dados da Agência Nacional de Aviação (Anac), o avião é um turbo-hélice, com capacidade para sete passageiros, registrado em nome de Roger Agnelli.

Agência Brasil

Comentários

comentários