Quadrilha que explodiu banco em Sonora danificou todas as viaturas da polícia

Além do prejuízo causado ao Banco do Brasil, a quadrilha que explodiu a agência bancária também danificou prédios públicos, como da prefeitura e das polícias Civil e Militar, assim como viaturas.

De acordo com informações do site Edição de Notícias, os tiros alvejados na sede do pelotão da Polícia Militar também acertaram as viaturas, que foram paralisadas por conta dos estragos. A PM contava com três viaturas e todas foram danificadas. O mesmo aconteceu com as viaturas da Civil.

Foto: PC de Souza
Foto: PC de Souza

Por conta disso, o presidente da câmara de Sonora, Ezequiel Reginaldo dos Santos (PSB), vai enviar pedido de providências à Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), que agora é comandada por um deputado de seu partido, o João Carlos Barbosa.

A ação do bando, integrado por quase 15 bandidos, aconteceu na madrugada de ontem (18). O ataque começou por volta das 2h30 e durou aproximadamente 40 minutos. Fortemente armados com explosivos, fuzis calibre 5,56 mm, submetralhadoras calibre 9mm, entre outros armamentos de grosso calibre, eles arrombaram a agência e levaram cerca de R$ 1 milhão.

Foto: Jucileudo Pinheiro
Foto: Jucileudo Pinheiro

Simultaneamente, outros quatro homens alvejaram a tiros as sedes da Delegacia de Polícia Civil e do Pelotão da Polícia Militar, assim como nas residências de policiais para encurralar os policiais e destruir todas as viaturas das unidades. O prédio e o almoxarifado da Prefeitura também foram alvejados assim como os postes de iluminação da avenida e câmeras de segurança do comércio local.

Fonte: Edição de Notícias

Comentários

comentários