Quadrilha lucraria R$ 1 milhão com furto de 570 cabeças de gado

Policiais do Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos Sequestros), apresentaram na tarde de hoje, cinco homens presos na última sexta-feira (8) por associação criminosa, receptação e furto de animais bovinos.

Thiago Belardo dos Santos (24), Gedalvo Jose Bráz (57), Nivaldo Leite Ribeiro (49), João José Araújo Junior (35) e Valdeir Gassi Pereira (33), foram presos pelo roubo de 570 cabeças de gado, avaliadas em um milhão de reais, em uma fazenda na cidade de Corumbá.

De acordo com a Polícia Civil, Gedalvo foi o mentor do furto e apresentou o restante da quadrilha ao capataz. Nivaldo e João Júnior foram os responsáveis pelo embarque e desembarque do gado e Valdeir cedeu um de seus veículos para o transporte, além de receptar os gados.

A ação foi feita em dois dias e os suspeitos levaram dois meses para arquitetar o plano. Os suspeitos foram ao local fingindo interesse em comprar a propriedade e, ao ver que seria fácil furtar o gado, convenceram Thiago a ajudar no plano. Dois caminhões e dois veículos de passeio foram usados para o transporte e a entrada da fazenda foi cascalhada para facilitar a entrada dos veículos.

Das 570 cabeças de gado furtadas, apenas 13 foram recuperadas. O grupo também é suspeito de participação em um outro furto de gado ocorrido na Fazenda Primavera, no mês de abril, onde foram furtados 264 cabeças de gado.

Os cinco envolvidos foram indiciados pelos crimes de associação criminosa e furto qualificado. O titular do Garras, Edilson dos Santos disse que as diligências continuam para localizar o restante do rebanho furtado e localizar os motoristas e veículos utilizados no crime.

Segundo Edilson dos Santos, delegado titular do Garras, Gassi seria o financiador do grupo, tendo cedido um veículo Renault Sandero para a execução das ações. O veículo foi apreendido junto com uma caminhonete L200 que também estava no local.

A policia continua as investigações para localizar o restante do rebanho e os caminhões utilizados no roubo.

Luana Campos com Jackson Nogueira

 

Comentários

comentários