Quadrilha liderada por mãe e filho ostentava com carrões oriundos do tráfico

Em uma ação em conjunto da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e PRF (Polícia Rodoviária Federal) resultou em uma apreensão de 2,6 toneladas de maconha a prisão de cinco pessoas em Dourados.

fotos: Sidnei Bronka
fotos: Sidnei Bronka

A operação começou no inicio da noite de quarta-feira (19), na BR-163 próximo do distrito de Vila São Pedro. Os policiais tentaram abordar duas camionetes com droga, mas os motoristas ignoraram a ordem da polícia a furaram a barreira.

Durante a perseguição um dos motoristas abandonou uma camionete com droga, já Diones Brito Recalde, de 26 anos acabou preso. Após a prisão de um dos motoristas, a polícia prendeu outros integrantes da quadrilha.

Márcia Pereira Morais Lima, de 46 anos, Luan Diego Morais Lima, de 24 anos, filho de Márcia, e o casal Letícia Franco Marques, de 22 anos e Renato Vicente Cardoso, de 35 anos, foram preso por envolvidos no esquema de tráfico de drogas. Com o grupo a polícia apreendeu seis veículos, sendo quatro de luxo.

Segundo a polícia, há 30 dias a quadrilha vinha sendo investigada, após denúncias de que a casa de Márcia, moradora no Jardim Guaicurus e do Luan Diego morador no Jardim Clímax seriam o “QG”, quartel general do grupo.

Durante a investigação a polícia descobriu que o grupo enviava a droga para o estado de Minas Gerais. As casas de Márcia e do filho Luan Diego, serviam como base para guardar droga. Na casa de Luan foi apreendido um veículo modelo Hyundai I30 e um veículo modelo GM Captiva.

Na casal Letícia e Renato que mora no residencial Dioclécio Artuzi II, os policiais apreenderam um veículo modelo Fiat Linea e um VW Cross Fox. Segundo a polícia, o casal fazia o trabalho de ‘bate estrada’, para os veículos que transportam a droga.

A polícia constatou que as duas caminhonetes que transportavam a droga, estavam com placas clonadas e eram veículos roubados, um no Rio de Janeiro e o outro em Minas Gerais. Segundo a polícia grupo era comandado por Luan Diego e a mãe dele Márcia, com elas foi apreendido R$ 18.430,00 e várias anotações que comprovam a participação no esquema de tráfico de drogas.

Os cinco envolvidos foram autuados em flagrante acusados por tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Com Informações 94FM Dourados 

Comentários

comentários