Quadrilha especializada em roubos de caminhonetes é presa em Dourados

Os três integrantes de uma quadrilha especializada em roubos de caminhonete em Dourados presos pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil na segunda-feira (2) usavam a estrutura de uma sitioca localizada na região Sul da cidade para guardar os veículos e depois levar até o Paraguai, onde eram comercializados. A casa era de Rafael Alves Batista da Silva, 33 anos, na Vila Cachoeirinha.

De acordo com informações do site Dourados News, após o roubo, eles se deslocavam até o local e escondiam os produtos roubados. Junto dele a polícia prendeu Alan Patrick Alves da Silva, 23 anos,  e Steferson Souza Gabriel, 21 anos.

O trio confessou dois crimes recentes e uma tentativa de assalto frustrada na quinta-feira passada. De acordo com o delegado responsável pelo SIG, Matheus Zampieri, pelo menos mais uma pessoa teria envolvimento nos roubos e é procurada. “Estamos investigando caso a caso e mais uma pessoa participava junto com o grupo e continuamos a procura”, comentou.

Foto: Osvaldo Duarte
Foto: Osvaldo Duarte

As medidas que resultaram na prisão dos criminosos aconteceram na segunda-feira (2). Após a apuração, os policiais chegaram até Sterferson e depois nos outros dois envolvidos. Todos acabaram autuados pelos roubos e não é descartada a participação da quadrilha em outros crimes.

OS ASSALTOS

Um dos assaltos ocorreu na noite de domingo na Sitioca Ouro Fino. Os envolvidos fizeram família refém antes de levar a F-250 branca e mais R$ 900.

Na ação, a família relatou a polícia que ao abrir a porta da casa para atender o chamado feito pelo lado de fora, foi surpreendida por quatro pessoas que anunciaram o assalto e levaram os pertences.

O outro fato a qual o grupo teria participado se diz respeito a tentativa de roubo de uma Toyota Hilux na rua Manoel Santiago, na Vila Esperança. Na ação, o motorista do veículo teria logrado os suspeitos ao entregar a chave de outro veículo.

A ação, porém, acabou resultando em agressões à vítima e um cliente que a acompanhava.

Outro caso ocorreu no dia 29 de abril, e da vítima foi levado uma GM S-10, próximo a estação de tratamento da Sanesul, em Dourados.

Fonte: Dourados News

Comentários

comentários