Quadrilha envolvida em esquema de tráfico de drogas teria movimentado R$ 1 bilhão

A estimativa da Polícia Federal é que o grupo envolvido no esquema de tráfico internacional de entorpecentes, alvo da operação Cavalo Doido, deflagrado na manhã desta sexta-feira (4) em vários pontos do país, tenha movimentado em média, R$ 1 bilhão.

PF cumpriu mandado em Dourados - Foto: Osvaldo Duarte
PF cumpriu mandado em Dourados – Foto: Osvaldo Duarte

Ao todo, foram bloqueadas 80 contas bancárias da quadrilha que agia no Paraguai, Mato Grosso do Sul, Pará e Goiás.

Em Dourados, pelo menos uma pessoa foi conduzida até a delegacia da Polícia Federal do município e três veículos apreendidos.

Ao todo são 81 medidas judiciais pelo Brasil, cumprindo-se 21 mandados de prisão preventiva, 11 mandados de prisão temporária, 15 conduções coercitivas e 34 mandados de busca e apreensão, que estão sendo cumpridos.

Mais de 200 policiais participam da operação, que está sendo realizada em conjunto com a Polícia do Paraguai, onde é realizada a destruição dos plantios de droga nas fazendas de propriedades do grupo criminoso.

Ainda conforme a polícia os investigados responderão por tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico, corrupção ativa, tráfico internacional de armas, adulteração de arma de fogo e porte ilegal de armas. Somadas as penas podem ultrapassar 30 anos.

Comentários

comentários